Resíduos de saúde: Emlur cadastra geradores a partir de segunda-feira

Por - em 27

A Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) inicia a partir da próxima segunda-feira (12) o recadastramento dos estabelecimentos geradores de resíduos de saúde. Estão cadastrados atualmente na cidade 450 geradores, que tratam e acondicionam os seus resíduos de forma correta. A estimativa é que o número de estabelecimentos chegue a 2,2 mil, devido à expansão de pets shops e consultórios dentários.

O trabalho de atualização do cadastro envolve 150 fiscais. A medida tem o objetivo de saber quantos estabelecimentos produtores de resíduos de saúde existem em João Pessoa e ainda servirá para que a Emlur possa acompanhar e fiscalizar como está sendo realizado o acondicionamento desse tipo de lixo.

O gerenciamento dos resíduos de saúde é regulamentado pela Resolução 358 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) e a 306 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Compete a Emlur fazer a fiscalização do acondicionamento dos resíduos.

O superintendente da Emlur, Coriolano Coutinho, falou dos problemas que são gerados pelos resíduos de saúde, entre eles contaminações do solo e da água e transmissão de doenças para animais e seres humanos. Ele lembrou que esse tipo de lixo deve ser separado do domiciliar e, além disso, acondicionado em local reservado para posterior incineração e depósito final em vala céptica.

Entre os estabelecimentos geradores de resíduos de saúde estão clínicas, hospitais, laboratórios, consultórios odontológicos e dermatológicos, farmácias, pet shops, necrotérios, funerárias e lugares que realizam embalsamamento, estabelecimentos de ensino na área de saúde, centros de controle de zoonoses, estúdios de tatuagem e serviços de acupuntura.