Reunião define local e horário dos desfiles do Folia de Rua

Por - em 26

A Prefeitura João Pessoa (PMJP) dá o ponta-pé inicial na organização da prévia carnavalesca da Capital, cuja abertura será no dia 5 de fevereiro. Em reunião realizada nesta segunda-feira (25), na sede da Fundação Cultural (Funjope), foi definido o horário para o término dos desfiles dos blocos do ‘Folia de Rua’ e que a abertura da festa será na Praça Vidal de Negreiros (Ponto de Cem Réis). Participaram do encontro representantes de todas as secretarias municipais, Ministério Público (MP), Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros, do projeto ‘Folia de Rua’, e dos principais blocos da prévia, além do Muriçocas do Miramar.

A pedido do promotor do Cidadão, Valberto Lira, na abertura do ‘Folia de Rua’, dia 5 de fevereiro, e para os desfiles, o horário limite para encerramento dos blocos que vão percorrer as ruas do Centro Histórico e orla será 2h da madrugada. Já nos bairros, os desfiles devem terminar à meia-noite. Para cada meia hora passada do limite será aplicada multa de R$ 2 mil. “Na reunião ficou acertado que muitos blocos sairão mais cedo. As Virgens de Tambaú, por exemplo, devem começar a descer a Epitácio Pessoa às 19h”, disse Ruth Avelino, diretora de Eventos da Secretaria de Comunicação da Capital.

De acordo com Ruth Avelino, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam) ficará responsável não só pela fiscalização do volume do som dos trios, como também fará o desligamento dos equipamentos no horário definido pelo MP. Já a segurança da abertura do ‘Folia de Rua’, como a distribuição do efetivo policial durante os desfiles dos principais blocos, que devem definir previamente seus percursos, será realizada pela Polícia Militar (PM), que posteriormente divulgará o esquema e o efetivo disponibilizado.

Abertura – Outra novidade para a prévia carnavalesca da Capital este ano é que a abertura do ‘Folia de Rua’ mudou de lugar. Saiu da Praça Antenor Navarro, no Centro Histórico, e será realizada no Ponto de Cem Réis. “A mudança aconteceu por questões de segurança e para a comodidade do público. Para se ter uma ideia, a Praça Antenor Navarro acomoda 8 mil pessoas, já o Ponto de Cem Réis tem capacidade para 40 mil. Além do acesso ao local ser mais fácil”, revelou Ruth Avelino.

Com a mudança do local da abertura do ‘Folia de Rua’, as agremiações que abrem a festa saem do Beco da Faculdade de Direito, seguem pela avenida General Osório, pela contramão, até a Cadetral Basílica de Nossa Senhora das Neves. Seguem pelo Colégio João Paulo II, em direção à Visconde de Pelotas, também pela contramão, até o Ponto de Cem Réis, onde haverá shows com dez artistas paraibanos e o pernambucano Alceu Valença.

‘Folia de Rua’
– A prévia Folia de Rua nasceu em 1987 com o primeiro desfile do bloco Muriçocas do Miramar, que deu a partida para a criação de vários blocos que passaram a fazer a festa em diversos bairros da Capital. Em 1993 foi criada a Associação Folia de Rua para cuidar da organização da prévia carnavalesca. Hoje já são 32 blocos filiados, entre eles, ‘As Virgens de Tambaú’, um dos maiores blocos da prévia, que arrasta mais de 500 mil pessoas todos os anos. Os blocos ‘Cafuçu’ e ‘Boi do Bessa’ também fazem parte da festa.