Ricardo abre Mostra de Artes na Estação Cabo Branco

Por - em 43

O prefeito Ricardo Coutinho (PSB) abriu oficialmente nesta tarde quarta-feira (26), na Estação Cabo Branco, Ciência, Cultura e Artes, a exposição “Coletânea Paraibana”. A mostra consiste na exposição de obras de 160 artistas plásticos de várias gerações, desde Pedro Américo aos estudantes do curso de Artes Visuais da Universidade Federal da Paraíba. São xilogravuras, pinturas, serigrafia, cerâmica, escultura, fotografia, arte eletrônica e grafite.

Ricardo Coutinho disse que esta é, sem dúvida alguma, uma das maiores exposições de arte da Capital e bastante significativa para nossa sociedade. O prefeito citou ainda a criação do Museu de Ciência e Tecnologia da cidade de João Pessoa que, está sendo licitado, e em breve será instalado na Estação Cabo Branco e a reurbanização do Parque do Cabo Branco. Logo após a solenidade de abertura a Orquestra de Câmara de João Pessoa fez uma apresentação no auditório da casa, com solo especial do instrumentista Raiff Dantas.

Obras – O público que for conferir a coletânea vai encontrar obras de Pedro Américo, Simeão Leal, Gustavo Moura, Cristina Strapação, João Câmara, José Altino, Josenildo Suassuna, Kaka Santa Cruz, Nai Gomes, Regis Cavalcanti, Sérgio Lucena, Shiko, Tamara Sorrentino, Tito Lobo, Unhandeijara Lisboa, W. Solha, Wilson Figueiredo e outros.

O padre Adauto Tavares – que cedeu três peças do pintor Pedro Américo do Museu Regional de Areia (MURA) – esteve presente a solenidade de abertura da Coletânea Paraibana. Ele disse que a Estação Cabo Branco sai na frente pois une cultura e ciência. “Posso dizer que João Pessoa está de parabéns”, finalizou o padre.
As obras ficarão expostas à visitação pública na Estação Cabo Branco até o dia 4 de novembro, de terça a sexta-feira, das 9h às 17h, e nos finais de semana e feriados, das 10h às 18h.