Ricardo acerta a liberação de recursos de emendas para JP

Por - em 19

O Governo Federal deve liberar até o final deste ano, emendas individuais dos deputados Manoel Júnior (PSB), Luiz Couto (PT) e Damião Feliciano (PDT), para a cidade de João Pessoa. Além dessas, outras duas emendas que somam R$ 30 milhões e tiveram modificados os seus destinos, ainda na formulação da Lei Orçamentária 2008, devem ser repostas pela União. Os entendimentos nesse sentido foram mantidos entre o prefeito Ricardo Coutinho (PSB) e o ministro das Relações Institucionais, José Múcio (PTB-PE), durante audiência nesta quinta-feira (30) no Palácio do Planalto, em Brasília (DF). Também participaram o secretário de Articulação Política, Antônio Barbosa, e o deputado federal petista Luiz Couto.

Logo após a audiência, o prefeito pessoense comentou que a liberação das emendas representa “a complementação dos grandes investimentos que a Prefeitura de João Pessoa (PMJP) fez nos últimos quatro anos, principalmente com recursos próprios”. Segundo Coutinho, “na área hospitalar, por exemplo, no segmento Saúde, dos R$ 22 milhões gastos mais da metade é composta de dinheiro da própria Prefeitura, além do que todo o investimento na área da construção e na atenção primária à saúde também é de recursos próprios”.

O prefeito pessoense acha que o Governo Federal vai mesmo atender às reivindicações da Prefeitura da Capital, segundo ele porque “nós estamos fazendo o chamado dever de casa, com o correto emprego de recursos arrecadados no município, e, por isto mesmo, é que precisamos do dinheiro dessas emendas para complementar os investimentos que vêm sendo feitos”. Segundo ele, “nem a crise econômica vivenciada pelo mundo atualmente deve ser empecilho para a continuidade dos investimentos públicos no País, tendo em vista que somente a manutenção desses investimentos será capaz de estabelecer as condições para que a crise possa ser ultrapassada”.

Também o deputado federal Luiz Couto saiu da audiência otimista com relação aos seus resultados. De acordo com o parlamentar petista, “houve efetivamente sensibilidade da parte do ministro José Múcio para com os pleitos de João Pessoa e, por isso, é possível considerar que, conforme ficou acordado, até o final de dezembro a Capital possa contar com esses recursos, tão fundamentais para a área de saúde e de infra-estrutura no município”.