Ricardo entrega novas calçadas e anuncia Estação Digital

Por - em 28

O prefeito Ricardo Coutinho inaugurou na manhã desta segunda-feira (16) a terceira etapa das obras de recuperação e revitalização do Mercado Central. Foram entregues à população o calçadão localizado ao longo da Avenida Pedro II e a nova fachada do equipamento público.

Foram investidos um total de R$ 3.915.655,19, sendo que R$ 1.482.000,00 vem de um convênio firmado com o Banco do Brasil, através do programa de Desenvolvimento Regional Sustentável (DRS). Os R$ 2.433.655,19 restantes foram recursos próprios.

“O Mercado Central é o maior e o mais complexo espaço público de toda Paraíba. Nós temos o orgulho de poder entrega-lo com 70% das obras concluídas. O Mercado tem 60 anos de história e estava esquecido. A Prefeitura está cumprindo com o seu compromisso e esperamos concluir todas as etapas da obra até o fim do primeiro semestre do próximo ano”, declarou Ricardo.

A Prefeitura já iniciou o processo de licitação para as próximas etapas das obras do Mercado Central. As intervenções acontecerão nos galpões 2 e 3, que são destinados à comercialização de carnes e derivados. Estão previstas ainda a reestruturação do sacolão de frutas e verduras e a abertura de uma via no interior do mercado para a circulação de caminhões de carga e descarga, além de uma Estação Digital. O secretário de Desenvolvimento Urbano, Hildevânio Macêdo, afirmou que a meta da prefeitura é concluir 100% das obras do Mercado Central até o primeiro semestre de 2010.

Nova estrutura – O telhado da fachada que antes era de amianto foi todo substituído por telhas termo-acústicas. As calhas foram trocadas e toda a instalação elétrica e telefônica foi atualizada. As marquises da fachada também foram inteiramente recuperadas. O calçadão dispõe de rampas, piso ladrilhado e fachada pintada e recuperada. A Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) instalou sete postes de iluminação com lâmpadas a vapor de sódio, substituindo toda fiação elétrica (aérea).

O comerciante Lourenço José de Almeida trabalha há mais de 40 anos no Mercado. Ele disse que era a primeira vez que uma administração municipal se sensibilizava em recuperar aquele espaço público. “Ninguém olhou de verdade para isto aqui. Sempre ficamos no esquecimento. Tudo mudou e para melhor, desde a parte visual, até a higiene. Não tem comparação entre o antes e o agora. A nossa expectativa é que a gente possa vender mais e sustentar nossas famílias com mais dignidade”, falou.

Quem também estava satisfeito com a nova estrutura do mercado era o comerciante de produtos descartáveis, João de Brito. “A minha loja foi privilegiada. A calçada ficou livre de buracos e dos fios. Tenho fé que agora ficou mais fácil da clientela ver meu estabelecimento e vir comprar meus produtos. O natal deste ano promete” ressaltou o comerciante.