Ricardo entrega R$ 135 mil a agremiações do Carnaval Tradição

Por - em 23

O Carnaval Tradição da Capital vai contar com uma subvenção 30% superior ao que foi destinada em 2009. Este ano, a Prefeitura de João Pessoa (PMJP) vai destinar R$ 135,5 mil às escolas de samba, tribos indígenas e clubes de orquestras da cidade. O prefeito Ricardo Coutinho entregou os cheques na tarde desta quarta-feira (6), no Ponto de Cem Réis.

Na solenidade, Ricardo lembrou o estado de abandono em que se encontrava a realização do carnaval quando assumiu a prefeitura de João Pessoa. “O nosso esforço foi para trazer novamente o sentido deste Carnaval Tradição que estava quase em extinção. Aumentamos substancialmente a subvenção que antes chegava a ser de apenas R$ 400,00 e hoje distribuímos até R$ 7 mil para as agremiações”, comemorou.

Representantes das 23 agremiações participaram da solenidade. Para o presidente da Escola de Samba Império Serrano, bicampeã do Carnaval Tradição, Magno Serrano, é fundamental que a prefeitura antecipe a distribuição das verbas para cada escola. “Assim nós vamos conseguir terminar bem antes do dia dos desfiles. É uma segurança para nós”.

O presidente das Agremiações Carnavalescas, Pedro Junior, agradeceu ao prefeito Ricardo Coutinho por ter facilitado as negociações. Segundo ele, durante esta gestão, melhorou o diálogo e o repasse da subvenção, que este ano inclui as prévias carnavalescas em bairros que constituem a base dos festejos na Capital. “Este ano, recebemos mais R$ 1.400 para animar os bairros da Torre, Róger, Mandacaru e Varadouro, entre outros, que são sede das escolas. Isso é um incentivo importante”, comentou.

Já o vice-presidente das Agremiações Carnavalescas, Cardivando de Oliveira, relembrou as péssimas condições em que acontecia a festa. “Não tínhamos arquibancada, a plateia tinha que subir em árvores para assistir aos desfiles. Há 90 anos realizamos com muito empenho esse carnaval, este é um grande momento para nós”.

O prefeito Ricardo Coutinho observou que melhorar a estrutura para a realização do evento é uma das ações de incentivo à perpetuação da festividade. “Melhoramos a estrutura sonora, ampliamos o número de arquibancadas, distribuímos lanche para os participantes, nos empenhamos em trazer jurados e, entre outros detalhes, antecipamos o pagamento. Tudo com a intenção de não deixar morrer esta tradição”, comentou.

Do valor total que será repassado para os filiados da Federação Carnavalesca, por meio de parceria com a Fundação de Cultura de João Pessoa (Funjope), R$ 7 mil serão voltados para cada uma das seis escolas de samba e R$ 5,5 mil para 11 tribos indígenas e seis clubes de orquestra. Além dessa quantia, que contabiliza R$ 135,5 mil, já estão garantidos outros R$ 18 mil para a premiação das agremiações campeãs.