Ricardo faz balanço de obras e anuncia projetos para 2008

Por - em 47

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) possui 42 obras em execução, espalhadas em pontos estratégicos da cidade, além de inúmeros serviços de pavimentação, calçamento e saneamento. Só nessas três últimas ações o Governo Municipal está investindo R$ 17 milhões. A inauguração de alguns desses empreendimentos, já a partir de janeiro, foi anunciada pelo prefeito Ricardo Coutinho (PSB), durante entrevista coletiva concedida no auditório do Paço Municipal, na manhã desta quarta-feira (19). Na ocasião, o chefe do Executivo fez também uma prestação de contas das últimas realizações e falou das perspectivas administrativas para 2008.

Na abertura da coletiva, o prefeito destacou que a atual gestão vai terminar o ano com três conquistas e empreendimentos de grande relevância. O primeiro deles foi a inauguração do Banco de Alimentos, ocorrida na segunda-feira (18). O equipamento está funcionando no bairro do Geisel e segue a política de segurança alimentar adotada pelo Governo Municipal. Na ocasião, ele anunciou novas ações nesse segmento.

“Nós vamos agregar a esse Banco de Alimentos um Centro Vocacional Tecnológico, que vai formar mão-de-obra na área de gastronomia. Os recursos financeiros para este empreendimento já estão disponíveis”, disse.

Habitação – Outra ação de destaque nesse final de ano é a entrega, nesta quinta-feira (20), do Residencial Gervásio Maia, condomínio que já ultrapassou a cifra de R$ 24 milhões em investimento. “É uma das ações mais importantes do Governo, porque não se trata apenas de 1.336 casas. Estamos dando condições para que as famílias recém-transferidas vivam com dignidade, já que o local vai dispor de uma escola, creche e uma Unidade de Saúde da Família”, disse Ricardo.

Ainda dentro da área de habitação, o prefeito ressaltou que mais de mil residências de taipa já foram substituídas por casas de alvenaria, dentro do Programa de Subsídio Habitacional (PSH). Isso sem contar com mais 119 imóveis que estão prestes a serem entregues. “Estamos com uma média de três casas por dia no PSH. Esse é um dado extraordinário. E já temos mais duas mil casas contratadas e na luta para dar continuidade ao projeto”, comentou Ricardo Coutinho.

O chefe do Executivo também lembrou que o financiamento de cerca de 120 imóveis por meio do Plano de Arrendamento Residencial (PAR) para Servidores Públicos está em negociação com a Caixa Econômica Federal (CEF).

Patrimônio nacional – Ricardo Coutinho destacou como a terceira grande conquista o título de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional conferido ao Centro Histórico de João Pessoa. Ele enfatizou que a chancela é o resultado de um esforço conjunto entre a PMJP, órgãos de várias instâncias do executivo, além da Associação do Centro Histórico Vivo (Achervo), que fez o encaminhamento do projeto inicial ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Entre as inaugurações a curto prazo, o prefeito da Capital anunciou que nesta sexta-feira (21) vai entrar no ar a TV Cidade João Pessoa, canal 8. “Um investimento não para fazer política, mas para tratar da cidadania e da educação”, observou.

PAC – Outro anúncio importante feito pelo prefeito é o início das obras do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC). Os investimentos previstos nesse sentido estão ligados à revitalização dos rios Jaguaribe e Sanhauá, incluindo relocações de famílias e intervenções no Porto do Capim, com a construção de uma grande praça para eventos. “O governo está satisfeito. Podemos produzir muito mais e vamos produzir. O ano de 2008 é de consolidação. Estamos trabalhando nessa perspectiva de qualidade”, afirmou.

Educação
– Entre as diversas obras executadas pela PMJP na área de educação em 2007, Ricardo Coutinho lembrou o investimento da atual gestão na área de equipamentos educacionais. No conjunto dos novos prédios escolares, foram citados exemplos desde a entrega da Escola Municipal Anayde Beiriz, ainda no início de 2007. “Estamos fazendo equipamentos não para uma gestão, mas para gerações futuras”, comentou, ao se referir à qualidade estrutural e funcional dos empreendimentos construídos.

Quanto às creches, os atuais Centros de Referência em Educação Infantil (Crei’s), o prefeito lembrou que até abril o Governo Municipal deverá entregar mais nove desses prédios. “Estamos aumentando a demanda em cerca de 60%. João Pessoa tinha 28 creches. Vamos construir 11, sendo que nove delas já estão em execução”, afirmou.

Há também três escolas em obra. Uma delas fica na região do Condomínio Residencial Gervásio Maia, para atender uma demanda de, aproximadamente, quatro mil crianças. Outra está localizada no Jardim Mangueira (Alto do Céu), onde estão sendo realizados também investimentos em habitação e saneamento. O terceiro equipamento se encontra na avenida Ministro José Américo de Almeida (Beira Rio), que é a Escola Raimundo Nonato Batista.

Saúde – Mais oito Unidades de Saúde da Família (USFs) serão inauguradas em 2008, sendo que três delas estão praticamente concluídas, com possibilidade de entrega para janeiro. Ainda dentro do processo de revitalização da saúde pública, Ricardo Coutinho informou que também serão inaugurados no próximo ano o Ortotrauma, em Mangabeira, além da entrega da reforma do Hospital Humberto da Nóbrega e do Hospital do Valentina, esse último com 60 leitos.

Some-se a tais investimentos a conclusão das obras do Hospital Cândida Vargas, previstas para junho de 2008. Até fevereiro, a PMJP também deverá entregar o Centro de Assistência Integral à Saúde (Cais) do Cristo Redentor e parte da reforma do Hospital Santa Isabel, que estará disponível à população com uma nova UTI.

Terceira Idade – Com relação à política pública de assistência à terceira idade, Ricardo anunciou para o próximo mês a entrega do Clube do Idoso. O equipamento vai funcionar no bairro do Altiplano, com auditório e salas de aula. Será gerido pelo Instituto de Previdência do Município (IPM), com espaço aberto a todos os segmentos da terceira idade de João Pessoa. “Com isso, fechamos o ciclo de atenção integral ao idoso, que compreende saúde, lazer e algumas práticas importantes como ginástica e educação”, disse.

Urbanismo
– Na política de construção, reforma e revitalização de espaços públicos voltados ao convívio social, Ricardo anunciou a inauguração da praça Lauro Xavier, no bairro Funcionários I, para janeiro. “Vamos entregar a obra dentro da política de convergência dos equipamentos por região, que tem impacto direto na diminuição da violência e multiplicação da convivência social”, afirmou. Ao falar sobre a violência, o prefeito também lembrou a implantação das câmeras de vídeo, que serão instaladas em pontos estratégicos da cidade.

O comércio informal vai ganhar em fevereiro mais um empreendimento da gestão Ricardo Coutinho. Trata-se do Centro de Comércio e Serviços (CCS), localizado na travessa Frutuoso Barbosa, Centro da Capital. Entre abril e maio, será a vez da inauguração do Centro Comercial de Serviços do Varadouro (CCSV).