Ricardo faz entrega de notebooks a educadores da rede municipal

Por - em 35

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), iniciou no final da manhã desta terça-feira (23) a entrega de notebooks (computadores pessoais) aos educadores do quadro efetivo da rede municipal de ensino. Um grupo de 20 professores recebeu os notebooks das mãos do prefeito Ricardo Coutinho, em solenidade no ginásio da Escola Municipal Escritor Luiz Augusto Crispim, no Bairro dos Ipês. A ação faz parte do Projeto “Professor Plugado”, cujo objetivo é a capacitação dos educadores nas tecnologias usadas para auxiliar na melhoria da qualidade do ensino e na inclusão digital. Também foi anunciada a ampliação do Projeto ‘Robótica Pedagógica’.

Ao todo, 135 notebooks serão entregues a educadores da rede municipal de ensino até o dia 2 de abril. Estão sendo contemplados professores, especialistas e gestores que concluíram o curso de Introdução à Educação Digital, oferecido pelo Proinfo/MEC em parceria com o NTE Municipal de João Pessoa, coordenado pela Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação da Sedec, no final de 2009.

“Com esta iniciativa estamos dando um passo importante no sentido da busca da qualificação permanente”, declarou o prefeito Ricardo Coutinho, ao ressaltar os avanços promovidos pela gestão municipal na área educacional em João Pessoa. Ele lembrou que o governo tem investido permanentemente no setor, ciente de que a educação é o caminho para formar consciência e mentalidade e promover as mudanças que a Capital está presenciando.

“Estamos investindo e chamando os professores para se capacitarem cada vez mais. Nós somos parceiros e construtores de uma nova mentalidade dentro dessa cidade e nós estamos mudando João Pessoa”, frisou, lembrando as diversas ações que a gestão municipal adotou nos últimos cinco anos, contribuindo para o avanço no setor educacional.

“Hoje temos escolas equipadas, modernas, que inovam nos seus métodos e a valorização dos professores. Avançamos muito. Lutamos para possibilitar um espaço mais atrativo para os alunos, professores e garantir melhor educação. Hoje podemos nos orgulhar de ver gente saindo de escola particular para ir para a escola pública”, declarou o prefeito.

Professores, especialistas e gestores efetivos, em atividade pedagógica, da rede municipal de João Pessoa podem participar das atividades e adquirir computadores pessoais, para uso individual, tornando-se agentes no processo de inclusão digital e social dos alunos, bem como participantes ativos e beneficiados no processo de inclusão digital. Segundo a diretora de Informática Educativa do Município, Daniele Dias, terão acesso aos notebooks todos os educadores que fizerem o curso Proinfo Integrado I.

Uma das contempladas com um notebook, a professora Maria Margarete, elogiou a iniciativa, que garante ao professor a utilização do computador como mais uma ferramenta pedagógica. “Isso não beneficia apenas a nós professores, que fomos preparados, capacitados sobre como utilizar este instrumento, mas beneficia também a todos os estudantes e as escolas, em geral”, afirmou.

Robótica Pedagógica – A solenidade marcou também o anúncio da ampliação do Projeto “Robótica Pedagógica”, onde estudantes da rede municipal de ensino da Capital têm aulas de informática com a utilização da robótica. Durante a solenidade foram entregues às escolas da rede municipal de ensino 607 kits compostos de peças, parafusos, pilhas e carregadores, materiais imprescindíveis para a confecção dos robôs.

Cinquenta escolas foram contempladas com a ampliação do projeto “Robótica Pedagógica”, o que vai garantir a participação, em média, de 41 mil alunos no projeto, que além de possibilitar a construção de protótipos, estimula o estudo das ciências e amplia a percepção dos estudantes para a utilização da inteligência artificial.

Bandas marciais – Durante a solenidade, o prefeito Ricardo Coutinho também entregou novas bandas marciais para 13 colégios da rede municipal de ensino. Foram contempladas as escolas Luiz Augusto Crispim, Nazinha Barbosa (Bessa), Celso Furtado (Funcionário II), Analice Caldas (Jaguaribe), Anita Trigueiro do Vale (Altiplano), Moema Tinoco Cunha Lima (Funcionários II), José de Barros (Mandacaru), Virgínio da Gama e Melo (Mangabeira I), Antenor Navarro (Gramame), Seráfico da Nóbrega (Tambaú), Cantalice Leite (Bairro das Indústrias), Almirante Barroso (Cruz das Armas) e Afonso Pereira (Mangabeira VIII).