Ricardo garante R$ 7,7 milhões para habitação e urbanização

Por - em 19

O prefeito Ricardo Coutinho assinou nesta sexta-feira (6) no Palácio do Planalto, contratos com o Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social que prevêm a construção de 1.707 moradias e urbanização das comunidades do Taipa e Vida Nova, área localizada entre o Conjunto Habitacional Costa e Silva e o Vale do Rio Mussuré, além de obras de drenagem e pavimentação na comunidade do Timbó, no Conjunto dos Bancários.

O investimento é de R$ 7,7 milhões, com repasse de R$ 7,3 milhões, provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Estiveram presentes o presidente Luiz Inácio Lula da Silva; a ministra Chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff; o ministro das Cidades, Márcio Fortes; o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, e a presidente da Caixa Econômica Federal, Maria Fernanda Ramos Coelho.

O prefeito disse que agora a PMJP vai dar início ao processo de licitação dos projetos, mas adiantou que as obras só começarão após o período eleitoral, devido às restrições da Lei Eleitoral. Ricardo Coutinho ainda lembrou que já está sendo licitada a primeira etapa do PAC Rio Sanhauá, que compreende a construção de duas mil casas, 1.286 ligações na rede de esgoto e ainda a pavimentação 40 ruas.

Pavimentação – Na Capital, as obras do PAC Rio Jaguaribe já estão em andamento. No último dia 2, o prefeito assinou a ordem de serviço que dá início aos trabalhos. Os serviços de infra-estrutura urbana beneficiarão mais de 62 mil famílias, ou seja, mais de 192 mil habitantes diretamente. A primeira etapa das obras já foi iniciada no bairro do Cristo Redentor, com a pavimentação das ruas Francisco Lustosa Cabral, Adelaide de Novaes e Industrial João Úrsulo.

O projeto faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal e essa primeira etapa de infra-estrutura foi orçada em aproximadamente R$ 74 milhões. Além disso, o Governo Municipal implantará (com recursos próprios) equipamentos comunitários como complemento às obras de infra-estrutura social e urbana previstas no projeto.

Ao todo 81 ruas, incluídas no PAC do Vale do Jaguaribe, serão beneficiadas com a implantação de pavimentação, drenagem e esgotamento. Só no bairro do Cristo Redentor, 13 ruas receberão os mesmos serviços. Ao longo das obras, os moradores da Comunidade Novo Horizonte – localizada no mesmo bairro, mas em áreas ribeirinhas -, serão relocados para um novo conjunto residencial que receberá o nome de Vale das Palmeiras. Lá serão construídas 846 unidades habitacionais, mais creche, escola e Unidade de Saúde da Família (USF).