Ricardo valida o sistema que beneficiará 250 mil pessoas

Por - em 28

O prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), validou nesta quinta-feira (30) o sistema de Integração Temporal Metropolitana, que deve beneficiar 250 mil usuários de João Pessoa, Bayeux, Santa Rita, Cabedelo, Conde e Alhandra, já no primeiro mês de implantação. O projeto foi proposto pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP) a empresários, prefeitos de cidades da região metropolitana e trabalhadores e tem como propósito facilitar o acesso aos transportes coletivos da região.

O novo sistema vai começar a operar nesta sexta-feira (1º de maio), quando é comemorado o dia o ‘Dia Internacional do Trabalho’. Com ele, os usuários terão o desconto de 50 por cento no valor da segunda passagem.

Marco – Ricardo Coutinho entende que o sistema representa um momento histórico para a Paraíba, pois caracteriza a democratização do acesso ao emprego. “E não só os trabalhadores serão beneficiados, mas todas as pessoas que aderirem ao sistema. Agora quem mora em outra cidade não vai mais ser preterido na disputa por uma vaga de emprego, por representar mais gastos ao empregador”, esclareceu o prefeito.

De acordo com ele, os municípios não podem atuar de forma isolada, mas através de parcerias para o beneficio de um todo. “Já temos a experiência exitosa da Integração e agora vamos estender esse projeto aos demais municípios que formam a região metropolitana. O dia de hoje marca que o olhar dos governantes deve seguir o olhar do interesse da população, que é dar aos cidadãos o direito de ir e vir”, enfatizou Ricardo.

O ato de validação do Sistema de Integração Temporal Metropolitana aconteceu no Parque Solon de Lucena. Participaram o vice-prefeito Luciano Agra (PSB), o coronel PM Rodrigues, representando o Departamento de Estradas de Rodagem (DER); o curador do Cidadão, Valberto Lira; Alberto Pereira, pelas empresas de ônibus, além de Mário Tourinho, presidente da Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbanos de João Pessoa (AETC-JP); o superintendente da Associação Metropolitana de Transportes Urbanos (AMTU), Luis Augusto Morosine, e o vice-presidente da CUT, Arimatéia França, que ressaltou a iniciativa acertada entre os prefeitos, “por possibilitar a geração de empregos e restabelecer empresas”.

Outro representante de classe que elogiou o desempenho do prefeito da Capital foi o presidente da Associação dos Motoristas e Cobradores, Antônio de Pádua. Ele explicou que pelo menos sete mil trabalhadores da categoria vão ser beneficiados. “Muitos deles trabalham em Santa Rita, Bayeux e agora está muito mais fácil”. Também compareceram empresários do setor, vereadores dos municípios participantes e deputados estaduais.

Novos ônibus
– Além da validação do sistema, também foram entregues à população 40 novos ônibus que vão reforçar e melhorar o atendimento aos usuários. “Esse foi um de nossos compromissos: reduzir a idade da frota. Quando assumimos a gestão, tínhamos uma frota com idade média de 7,8 anos e agora já diminuímos para 3,9. Isso facilita a vida do trabalhador e com o novo sistema vai garantir mais movimentação a região metropolitana de João Pessoa”, comemorou Ricardo Coutinho.