Robótica da Rede Municipal de João Pessoa é referência nacional para o MEC

Por Alexandre Quintans - em 1057

Representantes do Ministério da Educação (MEC) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação estiveram visitando este ano escolas da Rede Municipal de Ensino de João Pessoa para conhecer a experiência da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec) com a Robótica Educacional. O MEC está querendo fomentar a robótica nas escolas do Ensino Médio.

Eles conheceram os equipamentos que são usados nas escolas municipais, conversaram com os alunos e professores para entender como é feito esse trabalho, se o material realmente ajuda no desenvolvimento educacional como um todo.

Quando questionado sobre o porquê da visita nas escolas da Rede Municipal de João Pessoa, o técnico em Educação do MEC, Luís Henrique Vieira, explicou o motivo. “Em visita a Olimpíada Brasileira de Robótica em outubro do ano passado, na cidade de Recife, durante conversas com organizadores e professores participantes no evento, procuramos saber quais os municípios que tinham mais conhecimento a respeito da robótica educacional. E lá, entre eles, João Pessoa é uma das referências mais fortes no Brasil. A prefeitura de João Pessoa é farol para robótica no País”.

A visita do MEC e do FNDE serviu para entender como esse trabalho é feito, como vem acontecendo, como é a dinâmica de trabalho e porque algumas escolas de João Pessoa se destacam em relação a escolas de outros Estados.

Conquistas – A rede municipal de João Pessoa possui um histórico de resultados em competições nacionais de robótica. Em 2013 foi campeã da Competição Brasileira de Robótica (CBR), na categoria “Robocup Júnior Dance Primary”, em Fortaleza, Ceará.

No Mundial de Robótica (RoboCup 2014), que foi realizado no Centro de Convenções de João Pessoa, a rede municipal foi campeã na categoria ‘Super Team’ durante. A equipe Apolo tinha formado uma nova equipe junto com os Estados Unidos e Áustria intitulada Brazilian Circus of the Genius.

Mais um título de campeã em 2015. Desta vez durante a ‘XIX Copa do Mundo de Robótica’, na cidade de Hefei, capital da província de Anhui, na China, os alunos ganharam o troféu de Melhor do Mundo no quesito ‘Interação Humano com Robô’.

Em 2016 conquistou o terceiro lugar na XIV Competição Latino Americana de Robótica (Larc), em Recife, Pernambuco.