Sabadinho Bom leva Hamilton de Holanda Quinteto à Praça Rio Branco

Por - em 63

Hamilton de Holanda Quinteto, grupo reconhecido pela crítica internacional, será a atração do Sabadinho Bom deste sábado (25), a partir das 12h. O projeto leva atrações locais e nacionais de choro à Praça Rio Branco, todos os finais de semana. A realização do evento é da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).

O músico Hamilton de Holanda nasceu no Rio de Janeiro e se radicou em Brasília. Ele começou a tocar aos 5 anos de idade. O choro, que na infância e adolescência era a sua influência maior, a despeito dos puristas, hoje se transformou em mais uma das suas referências.

Com mais de 30 anos de carreira profissional, Hamilton de Holanda possui um trabalho que é considerado uma síntese das influências do choro, bossa, jazz, rock e o som do cotidiano. Trata-se de uma música que não precisa de rótulos, como ele mesmo costuma dizer. Ultimamente, ele tem flertado cada vez mais com o mundo clássico, tendência que lhe rendeu a composição “Sinfonia Monumental”, feita para as comemorações dos 50 anos de Brasília.

O artista formou o Hamilton de Holanda Quinteto, que foi consagrado pelo Prêmio TIM, Prêmio da Música Brasileira e Revista Jazz+ como o melhor grupo. Acompanham Hamilton os músicos André Vasconcellos (baixo acústico), Gabriel Grossi (harmônica), Alexandre Figueiredo (bateria) e Daniel Santiago (violão).

Premiações nacionais e internacionais – Em sua trajetória consta o prêmio de melhor instrumentista, por unanimidade, nas duas categorias (erudito e popular) da única edição do Icatu Hartford de Artes 2001. Depois de morar um ano na França, Hamilton se apresentou no Midem, principal feira de música do mundo, em 2005. Na época, conquistou o restrito título “Choc” da mais importante publicação europeia de música – “Le Monde de la Musique”. Essa consagração foi graças ao primeiro CD no mundo que utilizou o bandolim 10 solo, trabalho intitulado “1 byte 10 cordas”,

O músico chegou a receber da imprensa francesa o título de “Príncipe do Bandolim”. Ele foi três vezes indicado ao Latin Grammy, como o melhor disco instrumental “Brasilianos” (2007), melhor álbum de jazz “Brasilianos 2” (2008) e melhor disco instrumental “Flor da Vida” (2010).

Hamilton vem se apresentando em diversos eventos e festivais de grande importância, no Brasil e no Mundo. Já dividiu o palco com Maria Bethânia, Ivan Lins, João Bosco, Seu Jorge, John Paul Jones (Led Zepellin), Chucho Valdes, Stefano Bollani, Richard Galliano (melhor acordeonista do mundo), Richard Bona, Bella Fleck and the Flecktones e com os músicos do Buena Vista Social Club.

Sabadinho Bom com nomes consagrados – Projeto que acontece na Praça Rio Branco, semanalmente, conta sempre com uma atração de chorinho da Capital ou de outros municípios da região e do País.

Já estiveram no palco da Praça Rio Branco nomes importantes do choro brasileiro. Entre eles, podem ser citados o baiano Armandinho; o grupo carioca Trio Madeira Brasil; o trombonista Zé da Velha, acompanhado pelo trompetista Silvério Pontes; o melhor solista de cavaquinho do País, Henrique Cazes; o trio paulistano Choro das 3; além de outras atrações premiadas e reconhecidas nacionalmente.