Sabadinho Bom traz show do grupo carioca Trio Madeira Brasil

Por - em 52

Indicado a Melhor Disco e Melhor Grupo no Prêmio Sharp, o grupo carioca Trio Madeira Brasil é a atração do Sabadinho Bom deste sábado (10). O projeto, que acontece todos os finais de semana, leva virtuoses com rico repertório de choro à Praça Rio Branco, sempre a partir das 12h. A realização é da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).

O Trio Madeira Brasil é considerado uma das melhores novidades surgidas no universo da música instrumental do País nos últimos tempos. Reúne três virtuoses em torno de uma proposta artística ousada: representar de forma atrativa e bem acabada o que há de melhor na cultura brasileira, mas sempre atento a manifestações de outras nacionalidades.

No repertório do trio estão músicas de compositores como Jacob do Bandolim (“Santa Morena”), Ernesto Nazareth (“Guerreio”, “Labirinto” e “Celestial”), o espanhol Manuel de Falla (“Danza de La Vida Breve”) e Egberto Gismonti (“Loro”). Há ainda releituras para instrumentos de cordas de autores da MPB, como Edu Lobo (“Corrupião”) e Chico Buarque (“As Vitrines”).

Ao longo da carreira, o Trio Madeira Brasil já participou de várias turnês nacionais e em outros países.Apresentou seu trabalho na França, Itália, Áustria, Bélgica, Suíça, Chile, Colômbia, Alemanha, Rússia e Portugal, com passagens por importantes festivais, como o Vignola Jazz, Festival Rio-Loco, Visions du Réel, Festival de Guitarra de Santo Tirso, Rock in Rio-Lisboa e Berlin Jazz-Fest.

Na formação do Trio Madeira estão músicos de destaque no cenário brasileiro. Ronaldo do Bandolim, por exemplo, é um dos maiores bandolinistas do País. Zé Paulo Becker, antes de mergulhar fundo no mundo do choro, construiu uma sólida reputação como violonista, dominando o repertório clássico e ganhando prêmios significativos em concursos de violão. E Marcello Gonçalves é um dos mais celebrados violonistas de sete cordas do Brasil.