‘Sabadinho Bom’ traz show do violista e compositor carioca Jorge Simas

Por - em 54

O violista e compositor carioca, radicado no Recife (PE), Jorge Simas, é a atração do ‘Sabadinho Bom’ deste final de semana. O evento acontece neste sábado (17), a partir das 12h, na Praça Rio Branco, Centro da Capital. A realização é da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).

Jorge Simas é um dos instrumentistas de violão de 7 cordas de sua geração que mais horas passou em estúdio. Nessas ocasiões, gravou com nomes importantes da MPB, como Chico Buarque, Gilberto Gil, Toquinho, Ivan Lins, Emílio Santiago, Bezerra da Silva, Jamelão, Quarteto em Cy, Fagner, Jovelina Pérola Negra, Vanessa da Mata, Luiz Melodia, Noite Ilustrada, Dona Ivone Lara, entre tantos outros artistas.

Em seu currículo, Jorge Simas tem mais de 4 mil faixas gravadas. Trabalhou ainda com Alaíde Costa, Moreira da Silva, Benito de Paula, Cristina Buarque, Monarco, Nelson Cavaquinho, Cartola, Clara Nunes, Zé Kéti, Ademilde Fonseca e Nelson Gonçalves, só para citar alguns exemplos.

Durante sua carreira, Simas foi premiado em várias edições dos prêmios Shell e Sharp por trabalhos com o grupo Nó em Pingo D´água e com o clarinetista Paulo Moura. Com esse último, foi ganhador do primeiro prêmio Grammy Latino de música popular e representou o Brasil no Festival Mundial de Músicos “Folk Tejo” (Lisboa, Portugal) e no “Vail Jazz Festival” (Colorado, EUA). Nesse evento dos Estados Unidos, se apresentou com os pianistas Monty Alexander e Cyrus Chestnut, o trompetista Art Farmer, o saxofonista Jeff Clayton e o baixista John Clayton.

A sua trajetória também tem outros destaques. Entre eles estão os trabalhos com o pianista Antônio Adolfo, os clarinetistas K-Ximbinho e Abel Ferreira, o saxofonista Mauro Senise, o flautista Altamiro Carrilho, os bandolinistas Joel Nascimento e Deo Rian, os trombonistas Raul de Barros e Zé da Velha, o cavaquinhista Waldir Azevedo e o violonista Turíbio Santos.

Como compositor, suas obras envolvem várias estilos, mas o principal é o chorinho e os sambas. Suas músicas foram gravadas por intérpretes como Elizeth Cardoso, João Nogueira, Leny Andrade, Selma Reis, Zeca Pagodinho, Cris Delano, Elymar Santos e MPB-4.