Samu e PRF fazem o resgate simulado de afogados na orla

Por - em 30

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu/192) e Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizaram, na tarde desta quinta-feira (31), a simulação de um resgate de duas ‘vítimas’ no mar do Cabo Branco através do salvamento por helicóptero. A ação ocorreu na altura do Busto de Tamandaré e serviu para divulgar o serviço de resgate por helicóptero, como também orientar as ligações da população para o Corpo de Bombeiros (193) e o Samu (192).

Durante a ação, o helicóptero da PRF e a equipe de operação fizeram o resgate das pessoas que se ‘afogavam’ no mar, através de um resgatista que pulou para fazer a primeira abordagem. Em seguida, cada uma das ‘vítimas’ foi encaminhada para a areia, após serem içadas por um cabo que ligava o helicóptero e a equipe de resgate, para então receber os primeiros socorros.

A coordenadora do Samu da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Roberta Abath, explica que o helicóptero da PRF estará disponível durante o feriadão de Carnaval para as possíveis ocorrências, dentro da parceria que já existe entre as duas instituições. A coordenadora acrescenta que as pessoas que estiverem na orla da cidade e nas praias próximas, como Gramame, Praia Bela, Tabatinga e as demais regiões do Conde e Lucena, deverão ligar para o número 192 sempre que houver algum caso de afogamento.

“O afogamento ocorre muito rápido e a gente orienta que primeiramente liguem para o Samu e o Corpo de Bombeiros, antes de tomar qualquer atitude. Mesmo que alguém no local tente fazer o resgate é importante que avalie se tem condições para isso, pois caso contrário ao invés de uma vítima passaremos a ter duas”, observa Roberta Abath.

O comandante da PRF, Getúlio Câmara, informa que a instituição vem desenvolvendo uma importante parceria com o Samu na cidade. “O resgate aquático é mais um serviço disponibilizado à população. Até o dia 10 de fevereiro estaremos com a nossa equipe à disposição, potencializando os órgãos no serviço de resgate”, afirmou.