Saúde: concurso para médicos já registra 90 candidatos

Por - em 31

O concurso destinado ao preenchimento de vagas de anestesiologistas e ortopedistas e traumatologistas, que está sendo realizado pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP), já contabiliza 90 inscrições para um total de 65 vagas ofertadas. Os interessados ainda podem procurar o site da Fundação Ararense para o Desenvolvimento do Ensino (Fade) – www.fadeararas.org.br – e efetuar a inscrição até a próxima sexta-feira (11). A remuneração oferecida é de R$ 3,4 mil para as duas especialidades.

São 30 vagas ao cargo de médico anestesiologista e 35 vagas de médico ortopedista e traumatologista. A ficha de inscrição está disponível no portal da Fade e os candidatos deverão efetuar o pagamento de taxa de R$ 80 nas agências dos Correios. O edital que traz as regras de participação no processo seletivo está disponível na página da PMJP (www.joaopessoa.pb.gov.br).

Avaliação – A avaliação dos candidatos consistirá de prova escrita, que será realizada no dia 20 de janeiro. O exame constará de 10 questões de Política de Saúde; 10 de Clínica Médica e 10 de Conhecimento Específico. A prova terá duração de três horas, das 9h às 12h. A seleção está sendo realizada pelas secretarias de Administração (Sead) e de Saúde (SMS).

Serão disponibilizados 5% vagas aos candidatos portadores de deficiência, de acordo com a Lei nº. 7170, de 23 de novembro de 1992 e § 1º, art. 37, Decreto Federal 3.298/99 e alterações posteriores, desde que a deficiência seja compatível com o cargo e os candidatos sejam considerados habilitados no final do concurso. Assim, entre as vagas disponibilizadas para as duas especialidades médicas, duas serão reservadas a portadores de deficiência em cada modalidade ofertada.

Compromisso – Para a secretária de Saúde, Roseana Meira, o concurso sinaliza o compromisso assumido pela gestão municipal com o Ministério Público Federal (MPF) e Estadual (MPE), no sentido de substituir os profissionais que hoje possuem contratos temporários por aqueles que passarão a compor o quadro de funcionários efetivos da instituição. “Após a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) dos Ortopedistas e Anestesiologistas, pretendemos realizar concurso para outras categorias médicas”, assegurou.

O presidente da Comissão Organizadora e coordenador de Gestão Hospitalar da SMS, Mário Toscano, lembrou que o concurso atende ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre a Prefeitura e o MPF e MPE. Segundo ele, atualmente apenas 15 médicos ortopedistas que atuam nas unidades de saúde de João Pessoa pertencem ao quadro de servidores, enquanto 26 são contratados através de cooperativa.

No caso dos anestesiologistas, 49 são efetivos e 18 contratados via cooperativa da categoria. Outros 10 profissionais são cedidos pelo Ministério da Saúde (MS) e um pela Secretaria Estadual (SES).