Saúde do homem é discutida em seminário realizado pela PMJP

Por - em 32

Uma ação intersetorial será realizada nesta terça-feira (15) no auditório da Escola de Serviço Público (Espep), no Bairro de Mangabeira, para discutir sobre masculinidade, gênero e violência. O evento, que acontece das 8h30 às 17h30, é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Empresa Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans), Secretaria de Segurança Pública e Secretaria das Mulheres.

O evento terá a participação de representantes dos cinco distritos sanitários da Capital. A iniciativa é destinada aos servidores da área da saúde e da Prefeitura, objetivando discutir a saúde do homem e o impacto da violência. Durante a manhã, acontece um seminário com o tema “Masculinidade, gênero e violência” e à tarde serão promovidas diversas oficinas.

Segundo Ana Lúcia, Souza Pinto, coordenadora da Saúde do Homem e coordenadora da Saúde da População Negra da SMS, durante o evento será destacada a importância de o homem procurar os serviços voltados à saúde não apenas em caso de urgência, mas na prevenção e promoção da saúde. “O homem só procura o médico num momento de emergência. As maiores causas de morte do sexo masculino na Capital são de causas externas, além das doenças cardiovasculares, que também poderiam ser minimizadas se o homem tivesse outra postura, como realizar caminhadas na praça e diminuir a  ingestão de bebida”, explica Ana Lúcia.

A coordenadora ressalta a importância da discussão da prevenção e promoção da saúde nos diversos lugares e a perspectiva do auto cuidado. “Quando notar alteração ou quando passar mal, o homem tem de ter a consciência que deve procurar, de imediato, um serviço de saúde”, concluiu.