Saúde faz plano de contingência para evitar casos de gripe suína

Por - em 19

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) trabalha na elaboração de um plano de contingência para prevenir casos de gripe suína, doença que tem contaminado pessoas em várias partes do planeta, em particular no México e Estados Unidos. O órgão, no entanto, informa à população de João Pessoa que não há motivos para preocupação, já que não registro de qualquer caso no Brasil.

A Diretoria de Vigilância à Saúde está à frente dessa ação e realizou reunião na tarde desta terça-feira (28). Um documento, contendo esse plano de contingência, está sendo construído e será enviado a todas as unidades de saúde do município.

De acordo com a diretora de Vigilância à Saúde, Julia Vaz, durante o encontro se decidiu que haverá a implementação de coletas para monitoramento da influenza suína nas unidades sentinelas, além da divulgação de uma nota técnica para todos os estabelecimentos de saúde de João Pessoa.

“O objetivo é informar aos profissionais de saúde sobre os aspectos clínicos da doença e o diagnóstico. Queremos também articular reunião entre os municípios de Bayeux e Cabedelo, onde estão o porto e um dos aeroportos do Estado; a Secretaria de Turismo (Setur), para trabalhar a rede hoteleira e agências de viagem, além da Defesa Civil e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu)”, comentou Julia.

A diretora lembrou ainda que existe uma equipe da SMS em plantão permanente para atender possíveis notificações de casos suspeitos. Para entrar em contato, basta ligar para o 0800 282 7959, em horário comercial ou os números 8844-4779 e 8821-5454, durante o turno da noite e em feriados e finais de semana.

Participaram da reunião as vigilâncias sanitária, epidemiológica e ambiental, além dos diretores de Distritos Sanitários, Diretoria de Atenção à Saúde, unidades sentinelas de monitoramento e representante do Hospital Universitário Lauro Wanderley, que é referência na Paraíba no tratamento de doenças como a influenza suína.