Saúde quer vacinar 55 mil idosos da Capital contra gripe, neste sábado

Por - em 22

João Pessoa realiza das 8h às 17h deste sábado (26) o dia ‘D’ da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe em Idosos, em todas as Unidades de Saúde da Família (USFs), Centros de Referência espalhados em bairros da Capital e postos volantes instalados em hospitais, supermercados, escolas e associações.

Com o slogan ‘Não deixe a gripe derrubar você! Vacine-se’, a meta é imunizar mais de 55 mil pessoas na faixa etária igual ou superior a 60 anos. A abertura oficial da décima versão da campanha na Capital será às 8h30, no Centro de Atenção Integral ao Idoso, localizado no Hospital Santa Isabel, no Bairro de Tambiá.

A coordenadora do Programa Municipal de Imunização, Josânia Firmo, faz um convite à população idosa, para que tome a vacina contra a gripe dentro do prazo da campanha, ou seja, até 9 de maio. Ela disse que os idosos têm mais pré-disposição às doenças respiratórias e que a prevenção da gripe pode evitar que outras se manifestem. Ela lembrou ainda que as pessoas não podem confundir gripe com resfriado e achar que por ter tido essa última enfermidade a vacina não fez efeito.

“Quando o idoso toma a vacina, ele fica com mais imunidade contra a gripe e conseqüentemente impede que outras doenças respiratórias se manifestem. Devemos fazer a prevenção agora, para que nos meses mais frios e úmidos o idoso esteja com o organismo protegido. A vacina começa a fazer efeito após 15 dias de tomada e não elimina o resfriado que é diferente da gripe. Esta vem acompanhada com febre alta, dor de garganta, tosse, dores no corpo e na cabeça, fraqueza e mal estar em geral”, explicou a coordenadora.

A dose da vacina contra a gripe é gratuita e a única contra-indicação é para quem tem alergia grave ao ovo de galinha, cujo efeito colateral é o choque anafilático. É importante levar o cartão de vacinação para atualizar. Durante a campanha também serão disponibilizadas doses de DT (difiteria e tétano), seja o reforço ou a primeira vez; e da pneumocócica, esta para os anciões que estão permanentemente em residências, asilos e hospitais.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) montou um esquema especial para os idosos com dificuldade de locomoção. Os agentes de saúde farão visitas em residências, asilos e hospitais da circunscrição para aplicar as vacinas. Através dos telefones dos distritos sanitários IV (3214 7962 ou 3211 6769) e V (3214 7927 ou 3214 7944), o familiar do idoso pode agendar o dia da vacinação.