Secretaria da Mulher promove palestra ‘A Violência Sexual e suas Implicações na Saúde Mental e Social das Mulheres’

Por Hellen Nascimento - em 270

A Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPPM), por meio do Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra (CRMEB), promoveu na manhã desta quarta-feira (18), no auditório do Paço Municipal, a palestra ‘A Violência Sexual e suas Implicações na Saúde Mental e Social das Mulheres’, em parceria com o Projeto Intervenção da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

O objetivo é sensibilizar os profissionais de diversos segmentos para o acolhimento, abordagem e atendimento das mulheres vítimas de violência física e sexual, além de também capacitá-los para saberem identificar, notificar e encaminhar as vítimas de forma adequada e humanizada aos serviços especializados.

A secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Adriana Urquiza, falou da importância das parcerias para a causa. “É muito importante estabelecer parcerias como esta que colaboram com a quebra do ciclo de violência contra a mulher. É primordial que toda a rede de cuidados esteja apta a receber, acolher e encaminhar as mulheres vítimas tanto de violência física como sexual adequadamente. Em nossa secretaria temos várias diretrizes de atuação como prevenção, enfrentamento, atendimento, além de também estimularmos o empoderamento dessas mulheres para que não se calem”, destacou.

“Como a violência feminina é muito complexa, precisar ter essa ação conjunta dos vários setores de saúde, educação, ação social, setor jurídico, entre outros. É assim que vamos conseguir enfrentar esse fenômeno da violência de uma forma mais efetiva. A formação de profissionais dessas áreas, mas especificamente da saúde, também é imprescindível por que através dessa formação, pautada nos princípios de uma saúde coletiva e humanizada, vai nos dar uma melhor condição de identificar mulheres vítimas de violência”, explicou a psicóloga Ângela Menezes do Instituto Cândida Vargas (ICV).

A palestra foi ministrada pela psicóloga Ângela Menezes do Instituto Cândida Vargas (ICV) e a doutora professora Maria Eulina Carvalho do Centro de Educação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

CRMEB – O Centro de Referência da Mulher é um espaço onde as mulheres vítimas de violência são acolhidas, orientadas e encaminhadas para a Rede de Atendimento, através de uma ação intersetorial com as diversas políticas. Conta com uma equipe multiprofissional, composta por psicólogas, assistentes sociais, advogadas e arte educadoras.

O CRMEB está localizado na Rua Afonso Campos, 111, Centro. Além do atendimento presencial, também oferece orientação e atendimento imediato à população, através do telefone 0800-283-3883, das 7h às 19h.