Secretaria das Mulheres lança coleção ‘Crochê na Passarela – no Mirante para o Sanhauá’

Por Hellen Nascimento - em 322

Quem visitou o Hotel Globo na tarde desta sexta-feira (14), além de contemplar o belo pôr do sol, também pode assistir um desfile de cores, formas e texturas. Foi o lançamento da coleção ‘Crochê na Passarela – no Mirante para o Sanhauá’, realizado pela Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPPM) e pelo programa João Pessoa Artesã (JPA). O evento fez parte do projeto Mulheres Artesãs Multiplicadoras do Hotel Globo.

Na ocasião, a secretária das Mulheres, Adriana Urquiza, destacou a importância do desfile na vida das artesãs. “Esse é o resultado de muito trabalho e empenho, tanto da Prefeitura quanto das crocheteiras e, este momento, além de ser uma oportunidade para elas poderem mostrar seus trabalhos ao público presente, também propicia o empoderamento e protagonismo na vida dessas mulheres. Algumas dessas artesãs, além de produzirem e confeccionarem as peças, também estão desfilando, o que contribui para a autoestima e autoconfiança”, afirmou.

De acordo com a coordenadora de Trabalho e Renda, Regina Bonfá, que também coordenou o evento, os workshops são mais que aulas, são uma troca de saberes, onde as mulheres capacitadas se tornam multiplicadoras em suas comunidades. “Esse desfile é o resultado de um ano de trabalho. Já estamos na terceira edição e nosso objetivo com isso é dar visibilidade a essas mulheres por meio do artesanato local e transformar João Pessoa em um polo do crochê”, afirmou.

Já para a universitária Lívia Vieira, que se casou em junho deste ano, os workshops foram além da expectativa, tanto que a fizeram confeccionar sozinha seu próprio vestido de noiva, todo feita à mão com a técnica do crochê.

“Minha sogra foi a grande incentivadora. Sem ela isso não seria possível. Ela ama crochê e vivia fazendo vários trabalhos. Isso me estimulou. Comecei aos poucos tentando fazer uma colcha que acabou virando um vestido. Aí vieram outras peças, foi quando eu e meu noivo começamos a falar sobre oficializar nosso casamento já que iríamos fazer 10 anos de união. Foi então que percebi que seria capaz de confeccionar meu próprio vestido de noiva. Foram nove meses de trabalho árduo, mas valeu o resultado e realizei meu sonho. O vestido é único e foi todo idealizado e pensado por mim. Você não irá vê-lo em nenhuma revista. Meu marido adorou. Ele é minha vida”, declarou.