Secretaria das Mulheres promove comercialização de produtos da capacitação ‘Ela Pode Empreender’

Por Hellen Nascimento - em 280

A Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPPM) está realizando, nesta segunda–feira (02), uma exposição e comercialização de produtos confeccionados pelas artesãs que participaram da capacitação ‘Ela Pode Empreender’ do Instituto Rede Mulher Empreendedora (IRME), com apoio do Google, realizada nos dias 29 e 30 de agosto. O evento acontece até as 17h, no hall do Paço Municipal.

A coordenadora de Trabalho e Enfretamento à Pobreza da SEPPM, Regina Bonfá, destacou que essa última fase da capacitação é fundamental para as artesãs. “Durante os dois dias de treinamento, elas receberam várias orientações a exemplo de como atender o cliente, como fazer uma abordagem adequada, a melhor forma de organizar seus produtos, a etiquetagem de preços, entre outras dicas, e hoje elas estão tendo a oportunidade de colocar em prática todas as técnicas aprendidas na capacitação por meio deste espaço de comercialização”, explicou.

Para a técnica de enfermagem e agora também artesã e empreendedora, Mônica de Carvalho, a capacitação foi essencial para sua vida. “Estou realizando um sonho da adolescência em trabalhar com artesanato, prática que hoje é minha principal atividade. A capacitação foi muito esclarecedora já que nela aprendemos como valorizar nosso produto, como devemos dar atenção ao público que nos procura, além de toda parte financeira. Outro ponto que preciso destacar é que eu sou admiradora da coordenadora Regina Bonfá, que é uma grande mentora e orientadora pelo trabalho maravilhoso e minucioso que ela faz”, ressaltou.

Já a crocheteira Marcela Vitoriana da Silva, afirmou que o curso foi importante para aprender a comercializar o produto. “Eu achei essa capacitação maravilhosa porque muitas vezes a gente aprende a fazer o artesanato, mas fica sem saber como vender, como falar com o cliente e esse curso realmente ensinou como se comunicar com nosso consumidor e a valorizar nosso produto. Eu já sabia fazer crochê mas a técnica do amigurume aprendi nos workshops da Secretaria da Mulher e hoje já sei como trabalhar e comercializar minhas peças”, avaliou.

Metodologia – Na capacitação foram abordados temas importantes para os desafios mais comuns na área do empreendedorismo e empregabilidade, tais como: comunicação, liderança, negociação, finanças, networking, marca pessoal e ferramentas digitais.

Ela Pode – É uma iniciativa do IRME com o apoio do Google, cujo objetivo é capacitar 135 mil mulheres brasileiras, garantindo independência financeira e poder de decisão sobre seus negócios e vidas. As capacitações são oferecidas gratuitamente para mulheres em situação de vulnerabilidade socioeconômica, de acordo com as demandas apresentadas em cada região, com atenção especial para o Norte e o Nordeste.