Secretaria de Meio Ambiente poda árvores no Parque da Lagoa

Por Jô Vital - em 312

As equipes da Secretaria de Meio Ambiente estão realizando a poda de árvores do Parque da Lagoa, onde existem aproximadamente 800 árvores – que recebem uma poda de manutenção e também preventiva, evitando que as plantas caiam, provocando acidentes. A Poda Programada está contemplando espécies como fícus, ipês, cássias e bambus.

Segundo o diretor da Divisão de Arborização e Reflorestamento (Divar) da Semam, engenheiro agrônomo Anderson Fontes, a Poda Programada é feita respeitando a Norma Técnica Brasileira de Poda (16.246-1). Ele destacou que “a poda contribui para a saúde das plantas, já que no momento em que os galhos são retirados, os técnicos avaliam se a árvore foi atingida por fungos ou cupins e qual o comportamento da raiz em relação ao solo”, concluiu.

A Poda Programada é coordenada pela Divar da Semam, que trabalha com doze técnicos, de segunda a sexta-feira e aos sábados e domingos, em casos de urgência. São utilizados dois caminhões muck tipo sky, que têm um cesto que eleva o podador até a copa das plantas. Os galhos são colocados no caminhão caçamba que tritura o que sobra das podas. O material triturado é encaminhado para o Viveiro Municipal de Plantas Nativas para ser utilizado na adubação das árvores e no paisagismo da cidade.

Na semana passada, foram feitas as podas nas árvores do Parque Zoobotânico Arruda Câmara, a Bica, onde foram podadas duas mil árvores, entre ipês amarelos e roxos, sucupira, pau  brasil, jacarandá mimoso, jatobá, oitizeiro – espécies da Mata Atlântica.

Para solicitar a poda, o cidadão pode ligar para o número 3264 1680 da Semam, das 8h às 12h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira.