Secretaria de Saúde oferta testes rápido para HIV, Hepatites B e C e Sífilis

Por - em 224

Mesmo sem sinais e sintomas uma pessoa pode estar infectada por uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) e transmitindo a doença. Para identificar a infecção, a Secretaria de Saúde de João Pessoa (SMS) oferta aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) testes rápido para HIV/AIDS, Hepatites B e C e Sífilis. Os testes estão disponíveis em toda a rede.

Os testes podem ser realizados no Centro de Testagem e Aconselhamento (SAE/CTA), disponíveis em todas as Unidades de Saúde da Família e nas Policlínicas Municipais, antigos Centros de Atenção Integral a Saúde (CAIS). Para ter acesso, basta que o usuário vá até um dos locais e informe que gostaria de fazer o exame.

No centro, antes de realizar o exame, o paciente é avaliado e recebe informações sobre a importância para medidas preventivas das doenças sexualmente transmissíveis. “O atendimento inicial é realizado através de uma escuta qualificada por uma equipe multiprofissional, que de acordo com a sintomatologia, fará o encaminhamento para o atendimento/procedimento devido”, explica Lucas Veloso, coordenador do SAE/CTA.

O teste rápido é realizado através da punção da polpa digital e o resultado sai em, aproximadamente, 20 minutos. Caso o teste rápido dê positivo, o usuário recebe o tratamento no próprio SAE/CTA. Já as gestantes portadoras do HIV/Aids são acompanhadas no serviço de Assistência Especializada Familiar do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW).

No Centro de Testagem, além dos testes são realizados atendimento médico especializado de Infectologia, Urologia, Proctologia e Clínico Geral, direcionados para as IST; Cauterização Química em lesões de HPV; além da sala de vacina. Também são dispensados medicamentos antirretrovirais para pacientes com diagnóstico positivo para o HIV, doenças oportunistas e demais medicações voltadas para as infecções sexualmente transmitidas.

Em média, são mais de 1.000 atendimentos por mês, dentre testes realizados, consultas médicas e procedimentos, realizados pelo SAE/CTA.

“Aqui no Centro o usuário tem um acesso rápido tanto ao diagnóstico quanto ao tratamento em tempo hábil das IST, tudo feito de forma discreta e resultados sigilosos. Além disso, atendemos qualquer pessoa que queira saber sua condição sorológica, que tenha se envolvido em alguma situação de risco como exposição sexual e acidentes com materiais perfuro cortantes e necessite de atendimento ou acompanhamento especializado focado nas ISTs”, explica Lucas Veloso.

Serviço – Para ter acesso aos serviços, o usuário pode ser encaminhado pelas Unidades de Saúde da Família (USF) ou por demanda espontânea, indo diretamente ao local. O serviço funciona das 7h às 16h30, de segunda à sexta-feira, na Policlínica Municipal em Jaguaribe.