Secretaria realiza evento e Dieese lança o Anuário de Qualificação Profissional

Por - em 42

A Secretaria de Gestão Governamental e Articulação Política (Segap) da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) promoveu nesta quinta-feira (30) um encontro do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) com o movimento sindical, entre eles a Central Única dos Trabalhadores (CUT). Na ocasião, foram discutidas políticas públicas para qualificar os trabalhadores numa perspectiva democrática e planejada. Durante o evento, realizado no auditório do Paço Municipal, foi lançado o Anuário de Qualificação Social e Profissional 2006.

O Anuário traz uma série de informações, como indicadores do mundo do trabalho, incluindo a média de anos de estudo por idade, taxa de desemprego segundo nível de escolaridade, rendimento por hora da população ocupada, evolução do número de pessoas com nível superior, além de informações como treinamento nas empresas, demanda por mão-de-obra qualificada, características educacionais da população e dados gerais da qualificação no Brasil.

O supervisor técnico do Dieese, Melquisedec Moreira, disse que, a partir do lançamento do Anuário, passa a existir uma referência na política pública profissional. “Existem ainda muitas lacunas a serem preenchidas, mas vamos aperfeiçoando com a inserção de informações de usuários, trabalhadores e dos setores públicos”, enfatizou. O Anuário de Qualificação Social e Profissional 2006, ressaltou ainda Melquisedec Moreira, vai subsidiar a atuação dos gestores que trabalham na área de formação profissional e geração de renda, uma vez que a partir dele é feita uma radiografia de como esse trabalho acontece e o que poderá ser feito daqui para a frente.

Observatório – O encontro também discutiu a instalação do observatório de trabalho, cuja criação vem sendo discutida pelas Secretarias de Articulação Política, Educação e Cultura (Sedec), Saúde (SMS), Desenvolvimento Urbano (Sedurb) e Planejamento (Seplan). O órgão, segundo ressaltou o secretário Jorge Camilo (Segap), vai ser gerenciado pelo Dieese, com a participação e investimento do poder público municipal. “A criação desse observatório vai oportunizar ao governo uma ação mais eficiente, em razão da obtenção de dados e estatísticas sobre o desemprego e os potenciais de qualificação profissional na nossa cidade, beneficiando os setores empresariais e de trabalhadores”, frisou Jorge Camilo.

Especialista em qualificação profissional, o professor de Sociologia do Trabalho da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Roberto Veras, proferiu uma palestra que teve como tema os “Novos e Velhos Desafios da Qualificação Profissional”. Veras disse que o Anuário é um instrumento importante por conter dados instrumentais sobre o mercado de trabalho e que vai orientar, subsidiar a ação da qualificação profissional em todo o País. Segundo o professor, que desenvolve um trabalho sobre qualificação profissional, falta no Brasil um sistema público de emprego. “Há um desencontro entre os ministérios da Educação e do Trabalho”, frisou.

Além de representantes da Prefeitura de João Pessoa, Dieese e entidades sindicais, participaram do evento professores universitários da Capital, de Campina e de Portugal, sociólogos e profissionais que trabalham com a questão da qualificação profissional.