Secretaria restaura iluminação de trecho que dá acesso ao Farol do Cabo Branco

Por - em 31

A iluminação do trecho que dá acesso ao Farol do Cabo Branco foi restaurada pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria de Infra-Estrutura (Seinfra). A Divisão de Iluminação Pública Ornamental substituiu as lâmpadas e suportes de 12 postes e, nesse final de semana, a população e os turistas puderam desfrutar da beleza do local com maior segurança. Esse mesmo serviço tem sido desenvolvido em outros bairros da Capital.

Os 12 postes cobrem uma área de aproximadamente 500 metros até o Farol. “A manutenção da iluminação traz maior segurança àqueles que freqüentam o local”, disse o Diretor de Manutenção da Seinfra, Antônio Gualberto.

Na semana passada, a avenida Tancredo Neves ganhou novos 12 postes com 17 metros de altura. A substituição foi feita para evitar acidentes já que os equipamentos apresentavam fissuras e ferragens expostas, problemas que podem ocasionar o tombamento ou a queda de pedaços de concreto. Cada poste pesa em torno de 1.600 quilos.

Todas as lâmpadas queimadas ou que apresentavam algum problema também foram substituídas. O trecho onde foi realizada a substituição dos postes liga os bairros de Mandacaru, Padre Zé, Ipês, chegando até a avenida Flávio Ribeiro Coutinho (Retão de Manaíra).

Cristo e Orla – A Divisão de Iluminação promoveu, ainda, a substituição de mais dez postes na avenida Ranieri Mazzili, no bairro do Cristo Redentor. Os postes de ferro foram substituídos por outros de concreto, de 15 metros de altura, por apresentarem avançado estado de corrosão.

Recentemente, a Divisão restaurou por completo a iluminação de área da orla marítima da Capital, do trecho que vai da Praça de Iemanjá até o final do calçadão da praia de Manaíra. Os novos equipamentos possuem suportes galvanizados e pintados com tinta automotiva, para dar maior durabilidade às peças, protegendo da oxidação comum nas áreas próximas ao mar.

Reaproveitamento
– Os postes de concreto retirados das ruas e avenidas de João Pessoa pela Seinfra são levados para o pátio da sede da Secretaria e lá reaproveitados. A ferragem que dá suporte ao concreto, existente no interior das peças, é utilizada na fabricação de tampas de galerias confeccionadas no local.