Banco Cidadão

O Programa Municipal de Apoio aos Pequenos Negócios de João Pessoa (Banco Cidadão) é um projeto de microcrédito orientado criado pela Lei 12.682 de 19 de novembro de 2013, que altera a Lei 10.431, de 11 de abril de 2005, regulamentada pelo Decreto nº. 5.294, de 11 de abril de 2005.

Como nos localizar:

Avenida Cardoso Vieira, 85 – Centro
Telefone: (83) 3214-1707
Horário de Atendimento: De segunda à quarta-feira, das 8h às 17h.

Conheça as linhas de crédito

O Banco Cidadão da Prefeitura Municipal de João Pessoa incentiva o desenvolvimento e a criação dos pequenos negócios da cidade por meio de microcrédito, capacitação e acompanhamento técnico. Quem quer investir no seu negócio pode se inscrever no Banco Cidadão para obter empréstimos de até dez salários mínimos.

O interessado deve ter idade a partir de 18 anos e ser residente em João Pessoa há, no mínimo, seis meses. O microempreendedor não pode estar inadimplente nos cadastros de proteção ao crédito. Não é necessário estar formalizado para ter acesso ao crédito.

Inscrição

Para ser inscrever, o interessado deve se dirigir à Secretaria do Trabalho, na Avenida Cardoso Vieira, 85, Varadouro, ao lado da Praça Antenor Navarro, de segunda à sexta-feira, das 8h às 14h, portando xérox e original de RG, CPF e comprovante de residência atual (mês atual e seis meses anteriores).

Condições

A taxa de juros dos empréstimos do Banco Cidadão é de 0,9% ao mês, com carência de até três meses. Os pagamentos podem ser quitados em até 24 meses. Como forma de incentivo, o empreendedor, ao pagar a 15ª parcela em dia, tem direito à gratuidade da mesma.

Capacitação

Um curso de gestão empresarial básica de oito horas é o ponto inicial do processo para obtenção dos recursos. O microempreendedor é qualificado no que se refere a custo de produção, incluindo matéria-prima e mão de obra, valor de venda do produto, crédito necessário para investimento e tratamento do cliente, entre outros aspectos.

Plano de negócios

O microempreendedor deve elaborar um plano de negócios em conjunto com os técnicos do Banco Cidadão, especificando as formas de investimento dos recursos que quer receber e o prazo de pagamento. Ele deve programar suas atividades para os próximos meses e seguir o que foi determinado no plano de negócios. A aprovação do crédito pelo Comitê Gestor do Banco Cidadão depende da viabilidade da proposta.

Pós-crédito

Após a liberação dos empréstimos, vem a fase do pós-crédito. Os empreendedores são acompanhados pelos agentes de crédito do Banco Cidadão, para corrigir possíveis desvios das metas estabelecidas no plano de negócios. Os técnicos do Banco Cidadão ajudam os contratantes no encaminhamento de soluções, com o intuito de evitar o fechamento precoce de seus empreendimentos.