Sedec reúne moradores dos Bancários para tratar sobre as matrículas da nova creche

Por Max Oliveira - em 624

O Centro de Referência em Educação do Infantil (Crei) Arthur Antonio Belarmino Ferreira, construído pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), vai acolher 160 crianças, com idade mínima de seis (6) meses à máxima permitida de cinco (5) anos, no bairro dos Bancários. Nesta terça-feira (2), pais e mães do bairro participaram de uma reunião com a Secretaria de Educação e Cultura (Sedec) para tratar do funcionamento da unidade e do processo de matrículas, que terão início a partir da próxima segunda-feira (8).

A reunião contou com a participação da primeira-dama de João Pessoa, Maísa Cartaxo, que destacou os investimentos da Gestão Municipal na Educação Infantil e a importância do contato com os moradores antes da inauguração do equipamento, para que a Prefeitura possa traçar o perfil dos usuários no sentido de acolher da forma mais adequada. “É praticamente uma regra da Prefeitura esse contato, para que a gente saiba exatamente o anseio da mãe, da criança. É uma atenção que faz a diferença”, afirmou.

De acordo com a secretaria de Educação do município, Edilma Ferreira, a reunião com os moradores também faz parte de um processo de triagem que a Sedec estará realizando até a próxima segunda feira (8), para avaliar a real necessidade de cada usuário e fazer um diagnóstico da demanda de crianças por idade, para facilitar o acolhimento. Esse processo inclui a distribuição de um formulário, onde os pais e mães irão preencher com informações sobre as crianças, além da entrega da documentação.

Ela ressaltou que, mesmo que a procura seja maior do que a oferta de vagas, o Crei irá receber todos os interessados, no entanto, ela pondera que o processo de triagem é que vai determinar os beneficiados. “É um dos momentos mais importantes do serviço, porque temos que atender de acordo com a necessidade específica da localidade, com relação faixa etária. Além de um olhar social para beneficiar quem mais precisa”, afirmou.

Entre os moradores a expectativa para utilizar a creche é muito grande. Danúbia dos Santos, por exemplo, é mãe de três filhos – sendo dois gêmeos nascidos recentemente -, e uma filha de 4 anos. Ela acredita que o diferencial do Crei é a estrutura e o perfil dos cuidadores, o que garante total confiança na hora de deixar os pequenos para trabalhar. “É muito difícil deixar os filhos pequenos com alguém que não seja de confiança, e aqui eu vejo que não tem problema. Posso trabalhar sem medo”, garantiu.