Seguem obras do CCVS e ambulantes serão transferidos até o final do ano

Por - em 26

Até o final deste ano, todos os comerciantes instalados em ruas, calçadas e prédios da área central de João Pessoa deverão ser transferidos para o Centro de Comércio e Serviços do Varadouro (CCVS). O prédio é viabilizado através de uma parceria entre a Prefeitura, o Grupo Pão de Açúcar e a Faculdade Maurício de Nassau. A primeira etapa da obra está sendo finalizada e, no próximo dia 4, deverá ser realizada a licitação para a segunda fase, que inclui a construção de cerca de 600 boxes e acabamento da estrutura.

A estimativa da Secretaria de Infra-Estrutura (Seinfra) é que sejam investidos na obra cerca de R$ 3,5 milhões. O prédio – localizado na Rua Maciel Pinheiro – tem dois pavimentos e uma área total de 6.320 metros quadrados. Essa primeira etapa é financiada pelo Pão de Açúcar, que está finalizando a coberta, o reboco e o piso. Na próxima fase, serão investidos recursos da Maurício de Nassau e do Município. O edital de licitação já foi lançado para escolha de fornecedores e mão-de-obra. O processo será finalizado no dia 4 de setembro.

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) fez o cadastramento (com dados pessoais e fotografias) de todos os comerciantes da área central, em 2005, e vem acompanhando esses trabalhadores. O Centro de Comércio e Serviços abrigará todos os camelôs que ainda estão em espaços públicos e invadidos do Centro da cidade, a exemplo dos instalados nas ruas Padre Meira, Francisco Londres e Maciel Pinheiro e nos entornos do Mercado Modelo e do Terminal de Integração, como também os que estão ocupando o antigo prédio do INSS, na Rua Duque de Caxias.

Em 2005, foram cadastrados mais de mil comerciantes em ruas e calçadas do Centro. Alguns que vendiam frutas e verduras foram transferidos para os mercados públicos, devido à natureza dos produtos comercializados. Outros 314 ocuparam o Centro Comercial de Passagem e 66 foram para o Centro de Comércio da Frutuoso Barbosa (o Beco dos Sapateiros). Restam cerca de 600 que ocuparão o Centro de Comércio do Varadouro.