Seis e Meia apresenta trabalho autoral de Dado Villa-Lobos

Por - em 33

O guitarrista Dado Villa-lobos, ex-integrante da banda Legião Urbana, será a atração principal do Projeto Seis e Meia, nesta quarta-feira (21). Dado se notabilizou por sua performance no Legião e sua parceria com Renato Russo. Após o fim a banda, ele buscou novos caminhos e hoje trilha com sucesso sua carreira solo. A abertura do evento será feita pelo cantor e compositor paraibano Dida Fialho,que tem um vasto currículo musical e reconhecido talento.

O Projeto Seis e Meia é mais um vitorioso evento promovido pela Prefeitura de João Pessoa em parceria com a Acorde Produções. Tem o patrocínio da Saelpa e recebe o apoio cultural do Ambassador Flat, Empreendimento Vilas de Areia, Dona Branca, Vila Cariri e Cia do Chopp.

Os shows acontecem na Praça de Eventos do MAG Shopping em Manaíra, a partir das 18h. Os ingressos são vendidos aos preços de R$ 16,00 (inteira) e R$ 8,00 (estudante). Para venda antecipada de ingressos, é montado um posto ao lado da bilheteria dos cinemas, no primeiro piso do MAG. Mais informações pelo número 9134-7610.

Trajetória de sucesso – Ex-guitarrista da consagrada banda Legião Urbana, e hoje produtor, músico, cantor e autor de trilhas-sonoras, Dado Villa-Lobos está em fase de divulgação do seu novo disco ‘Jardim de Cactus’, lançado há um ano e que recebeu boas críticas e elogios da imprensa especializada e do público. O show também traz um repertório da Legião Urbana, com músicas compostas por Dado e Renato Russo.

Sobrinho-neto do compositor Heitor Villa-Lobos, Dado nasceu em Bruxelas, na Bélgica, e assumiu a guitarra da Legião Urbana em 1983. Antes tocou na banda ‘Dado e o Reino Animal’ até substituir Ico Ouro-Preto, às vésperas da gravação do primeiro LP da Legião. Produziu os últimos discos da extinta banda: A Tempestade ou O Livro dos dias e Uma Outra Estação.

Em 1993, lançou junto com André Mueller (Plebe Rude) a gravadora independente ‘Rock it!’, que trabalhou com Toni Platão, Humberto Effe, Dinho Ouro Preto, Los Hermanos e Fausto Fawcett. Dado Villa-Lobos também produziu para o cinema, assinando as trilhas sonoras dos filmes ‘O Homem do Ano’ e ‘Bufo & Spallanzanni’, pela qual recebeu o prêmio de melhor trilha sonora no Festival do Cinema Brasileiro, em Miami.

Em 2006, lançou seu primeiro disco solo, ‘Jardim de Cactus ao Vivo’, no projeto ‘MTV Apresenta’, que traz alguns sucessos como ‘Dois Ouvidos’, ‘Jardim de Cactus’, ‘Seres Estranhos’ e ‘Natureza’.

No Seis e Meia desta semana, Dado Villa-Lobos, que toca guitarra e violão, será acompanhado por Carlos Laufer (contra-baixo), Lourenço Monteiro (bateria) e Roberto Pollo (samplers/key).

Pensadores virtuais – Dida Fialho nasceu em João Pessoa, no bairro de Cruz das Armas, e descobriu a música logo cedo. Já em 1975 fez parte do grupo ‘Ave Viola’, com o qual gravou um compacto simples dividido com Zé Ramalho.

Participou de festivais, projetos cultuais e coletâneas musicais na Paraíba e em outros estados. Poeta inspirado, Dida Fialho tem músicas gravadas por cantores e grupos em várias partes do Brasil.

Recentemente gravou seu primeiro disco solo, intitulado Pensadores Virtuais’, que mereceu de críticos exigentes rasgados elogios.

No Seis e Meia, Dida será acompanhado pelos músicos Heleno (baixo), Nildo (guitarra) e Deinha (bateria) e fará uma retrospectiva de sua carreira, com destaque para as músicas do CD.