Seis e Meia tem Luiz Caldas e Kiko Chagas, nesta quarta-feira

Por - em 28

O cantor, compositor e multi-instrumentista baiano Luiz Caldas será a atração principal do Projeto Seis e Meia desta quarta-feira (22). Precursor do axé music, o artista vai fazer uma retrospectiva de sua carreira e mostrar todo o seu talento na linha instrumental. A abertura do evento será feita pelo cantor e compositor Kiko Chagas, da cidade de Natal (RN).

Promovido pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP) em parceria com a Acorde Produções, o Projeto Seis e Meia vem se firmando como um dos mais prestigiados eventos culturais da Capital. Tem o patrocínio da Saelpa e recebe o apoio cultural do ‘Ambassador Flat’, ‘Cia. do Chopp’, ‘Dona Branca’, ‘Vila Cariri’ e ‘Botequim Villa São Paulo’.

Os shows acontecem às 18h30 na Praça de Eventos do MAG Shopping, no bairro de Manaíra. Os ingressos custam R$ 16,00 (inteira) e R$ 8,00 (estudante) e podem ser comprados no posto de venda instalado ao lado da bilheteria dos cinemas, no primeiro piso do MAG. Mais informações, disque Seis e Meia – 3621-1666.

Axé e instrumental
– Com um repertório mais instrumental, sem esquecer sucessos do cancioneiro popular e músicas de artistas pouco tocados nas emissoras de rádio, passeando também pela própria carreira, o cantor, compositor e multi-instrumentista Luiz Caldas vai explorar no show do Projeto Seis e Meia toda a sua verve musical.

Precursor do axé music, Luiz Caldas se mostra cada vez mais consciente de sua arte, sobretudo quando se fala de músicas instrumentais. Conhecido nacionalmente por ter sido o principal criador do que passaria a se chamar de axé music, Luiz se diz feliz com tudo que produziu, sentindo-se cada vez mais empolgado com o rumo sólido e ao mesmo tempo diversificado de sua rica carreira artística.

Sem limites para explorar os mais variados gêneros, transitando sem preconceito entre o carnavalesco, o popular e o erudito, integrando também a cena do rock, do reggae e do forró, Luiz Caldas vê a música instrumental como uma porta sempre aberta para atingir sua plenitude musical.

Carreira – “Comecei muito cedo minha carreira artística e desde pequeno toco vários instrumentos, o que muita gente não sabe. E é por isso que fui tocar em bandas de baile pelo interior baiano, chegando ao trio elétrico tempos depois. Esse meu conhecimento musical, sobretudo de instrumentista, ainda é pouco conhecido e é o que pretendo mostrar neste show”, afirma o artista.

No repertório, além das canções ‘É tão bom’, ‘Deus’ e ‘Flor cigana’, obras que integram a sua consolidada carreira, Luiz executará choros e músicas do CD ‘Melosofia’, disco com canções temáticas dedicadas a dez filósofos que modificaram a forma do homem ver e interpretar o mundo. “Farei um show para todos os gostos, para quem ama o choro e o clássico e para quem ainda não conhece minha completude musical”, assegura o artista. Acompanham Luiz Caldas no Seis e Meia os músicos Claudinho, no teclado, e André, na percussão.

Experiência – Kiko Chagas Nobre é potiguar e pertence a uma família de músico. É compositor, arranjador e diretor musical. Ganhador do troféu Caymmi, Kiko participou do Festival de Montreux (Suíça) e já tocou com Jimmi Cliff em turnês pelo Brasil. Também tocou com Tim Maia e participou da gravação do DVD ‘Tim Maia in concert’.

Kiko dirigiu o show de Elza Soares no Brasil, Holanda, Canadá, França, Inglaterra e Portugal. O artista também se apresentou na Bahia ao lado de nomes como Carlinhos Brown, Armandinho e o ministro Gilberto Gil. Em João Pessoa vai apresentar o show ‘Kiko Chagas Experiência’.