Selecionados em edital de cinema assinam contrato para começar filmagens

Por - em 105

Dina Melo

 

Os diretores e produtores culturais contemplados no Prêmio Walfredo Rodriguez de Cinema assinaram os contratos referentes aos seus projetos nesta sexta (2), na sede da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), onde foram recebidos pelo diretor-executivo, Maurício Burity. No total, 16 contratos foram fechados, correspondentes a três longas (dois de ficção e um documentário), três telefilmes e 10 curtas-metragens.DSC_0018

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) repassará o montante de R$ 1,125 milhão (dos R$ R$ 3,375 milhões totais previstos no edital), dividido em cinco parcelas iguais de R$ 225 mil, que começam a ser pagas no próximo dia 25, até fevereiro de 2016, quando entram os R$ 2,25 milhões restantes, oriundos do Fundo Setorial de Audiovisual (FSA), alocados pela Agência Nacional de Cinema (Ancine).

“A partir de agora, todos os proponentes terão que abrir uma conta no Banco do Brasil, exclusivamente para a movimentação dos valores, e prestarem contas do que forem receber como condição para depósito da próxima parcela”, explica Eliane do Egypto, do Fundo Municipal de Cultura (FMC).

A medida é necessária ainda que o dinheiro permaneça parado na conta, como é comum no caso de produções maiores. “Também nada os impede de tentar apoios culturais como complemento para o seu custeio. O imprescindível, em todo caso, é prestar contas do que se recebe, e cabe ao FMC cobrar pelo 1/3 desses R$ 3,3 milhões que a Prefeitura está investindo”, completa.

O diretor Diego Benevides entrou com a sua empresa, a Extrato de Cinema, como representante de três produções de gêneros diferentes que foram contempladas no Walfredo Rodriguez: “Ambiente familiar”, longa dirigido por Torquato Joel; o telefilme “O seu amor de volta (mesmo que ele não queira)”, de Bertrand Lira; e “Faixa de Gaza”, curta-metragem de sua lavra e de Otto Cabral.

“Com esta fragmentação dos pagamentos, reordenamos o cronograma de filmagens e esperamos começar as pré-produções daqui para o início do ano”, espera ele, que aposta em “Ambiente familiar” como grande trunfo em disputas em festivais e no circuito comercial assim que estiver pronto.