Semam participa capacitação sobre Áreas Protegidas

Por Jô Vital - em 935

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), vai participar da oficina “Integração de Serviços Ecossistêmicos ao Planejamento e Desenvolvimento”, que será realizada entre os dias 14 e 16 de janeiro, em Brasília. A oficina é promovida pelo ICLEI América do Sul e vai combinar elementos teóricos e práticos no contexto do projeto Áreas Protegidas Locais.

A oficina foi desenvolvida pela Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) e está inserida no projeto Áreas Protegidas Locais (APL). A GIZ é uma agência alemã de cooperação internacional, que tem como principal acionista o governo alemão, especializada em acordos de cooperação técnica e desenvolvimento sustentável em escala mundial. O projeto APA vem sendo implementado pela GIZ, em parceria com o ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade  e União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN). A Oficina traz uma abordagem de seis passos para que sejam reconhecidos, demonstrados e incorporados o valor da biodiversidade e de serviços ecossistêmicos para o planejamento e desenvolvimento das ações ambientais dos governos locais.

Um servidor da Semam, que trabalha com o tema da oficina vai participar do evento representando o município. Os custos da capacitação serão bancados pelo ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade. O secretário de Meio Ambiente, Abelardo Jurema Neto, destacou que as áreas protegidas e unidades de conservação são de extrema importância para a gestão municipal. “Entendemos que nossas áreas verdes proporcionam diversos serviços ecossistêmicos que são imprescindíveis para o desenvolvimento da cidade. Esses benefícios precisam ser identificados e valorizados no planejamento das ações ambientais. Por esta razão entendemos que é preciso capacitar nossos servidores, sempre com o objetivo de qualificar a política ambiental da gestão”, concluiu.

O projeto regional Áreas Protegidas Locais tem o objetivo de melhorar as  condições dos governos locais e está sendo executado no Brasil, Colômbia, Equador e Peru.

ICLEI – O ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade é uma rede global de mais de 1.500 cidades e regiões que estão comprometidas com a construção de um futuro sustentável, influenciando 25% da população urbana global. O ICLEI  Foi fundado em 1990 por 200 governos locais de 43 países, que se reuniram no primeiro Congresso Mundial de Governos Locais por um Futuro Sustentável na sede das Nações Unidas em Nova York.