Semam promove ações educativas e distribui mudas de árvores nativas para a população

Por Jô Vital - em 1198

Rosemary Ferreira da Silva mora no Conde e trabalha no Centro de João Pessoa. Todos os dias ela passa pelo Parque da Lagoa. “Eu gosto muito desse lugar, a Lagoa é muito especial pra mim. Esse ambiente com árvores, essa paisagem linda, o ventinho no rosto… até a temperatura aqui é mais agradável”. Rosemary passou pela Tenda Verde da Secretaria de Meio Ambiente (Semam) e recebeu uma muda de ipê, durante as comemorações pelo Cinco de Junho, Dia Mundial do Meio Ambiente.

Durante toda a manhã, quem passou pelo Parque da Lagoa teve a oportunidade de acompanhar parte das ações da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), feitas pela Semam, para preservar e recuperar o patrimônio ambiental da cidade.

Na Tenda Verde, foram distribuídas mudas de árvores nativas, acompanhadas da Cartilha da Arborização e dos folders Protegendo Nascentes e Cuidando dos Manguezais, desenvolvidos pela equipe da Divisão de Estudos e Pesquisas (Diep) da Semam. Os materiais educativos orientam a população sobre os cuidados antes de plantar uma muda de árvore e também traz informações sobre a importância das áreas de nascentes e manguezais.

As equipes demonstraram como funciona a Poda Programada, ação que preserva e revitaliza as árvores, além de proporcionar segurança para a população, evitando a queda das plantas, deixando livre as placas de trânsito e a fiação elétrica.

A Poda Programada é feita com cuidado, respeitando a arquitetura das copas das árvores, com acompanhamento dos técnicos da Divisão de Arborização e Reflorestamento (Divar) da Semam. Os galhos recolhidos são triturados em seguida, num caminhão triturador, e esse material é enviado para o Viveiro Municipal de Plantas Nativas, transformado em adubo, utilizado na arborização urbana. Também foi feita a demonstração do exame de ultrassom numa das árvore da Lagoa. Esse exame permite verificar as condições fitossanitárias da planta, se há infestação por fungos e outros micro-organismos.

O secretário de Meio Ambiente, Abelardo Jurema Neto, destacou que esse Cinco de Junho foi um dos mais produtivos. “Concentramos nossas atividades pela manhã no Parque da Lagoa e aqui foi possível demonstrar para a população as várias ações desenvolvidas pelas equipes da Semam. É muito gratificante quando temos esse contato com as pessoas. Assim temos a oportunidade de conversar, interagir e divulgar nossas ações”, concluiu.