Semana Curricular reúne alunos do ProJovem até 6ª

Por - em 31

A partir desta segunda-feira (20), alunos do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem) participam da III Semana de Vivência Curricular Integrada, no Centro Cultural Piollin (Tambiá). O evento segue até a próxima sexta-feira (24) e traz uma programação voltada para a arte e cidadania, através de oficinas, feiras, jornada, palestras, ciclo de conversas e bizurada.

Os 2.300 alunos do ProJovem, divididos nas Estações da Juventude Paz, Harmonia e Luz vão apresentar trabalhos sobre três subtemas: ‘A arte como participação política e cidadã; A ação comunitária e o protagonismo juvenil na construção da paz’ e ‘Comunicação, juventude e comunidade’. Esses mesmos alunos desenvolveram um trabalho chamado ‘Matematicard’ – Matemática através da arte’. Esse projeto também será apresentado na Semana de Vivência.

Programação – Nesta segunda-feira, ocorrem oficinas sobre arte e uma feira de exposição com os trabalhos desenvolvidos pelos alunos, inclusive o ‘Matematicard’. Na terça-feira (21), às 14h, haverá um ciclo de conversas sobre o Plano de Acesso Comunitário (PLA) – Juventude e Participação Política, com debates sobre os subtemas do evento.

Já na quarta-feira (22), às 18h, será realizada a I Jornada de Humanização da Ação Comunitária na Escola Municipal João XXIII, no Alto do Mateus (núcleo da Estação Luz); Escola Municipal Dumerval Trigueiro, do Cristo Redentor (núcleo da Estação Harmonia) e Escola Municipal David Trindade, em Mangabeira (núcleo da Estação Paz).

Na próxima quinta-feira (23), esses alunos participarão de uma revisão com assuntos referentes ao provão de conclusão de curso, que acontecerá no dia 29 deste mês. Para finalizar, na sexta-feria (24), às 14h, no Centro Piollin, será realizada a bizurada ‘Bisujovem’, que é uma simulação do provão e uma forma dos alunos entenderem o processo de avaliação.

Programa – O ProJovem é um programa do Governo Federal desenvolvido na Capital a partir da parceria com a Prefeitura de João Pessoa (PMJP) e o Centro Federal de Educação Tecnológica da Paraíba (Cefet-PB). O ProJovem foi implantado em João Pessoa em 2006 e atualmente conta com 2.300 alunos. O programa é desenvolvido na Funetec (fundação ligada à educação tecnológica) e na sede do Cefet-PB, além de 23 escolas municipais.