Semana Municipal sobre Álcool e outras Drogas tem atividades nesta quinta e sábado

Por - em 108

A 5ª Semana Municipal de Políticas Educativas sobre Álcool e outras Drogas, promovida pelo Conselho Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas (Comad) e que conta com apoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), prossegue até o próximo sábado (16), após a realização de diversas atividades educativas sobre o tema. O evento será encerrado com atividades esportivas, música, teatro, dança e testemunhos de jovens e famílias envolvidos com drogas.

O último dia da semana dedicada a atividades educativas sobre álcool e demais drogas começa às 7h com um circuito de pedaladas, cujo nome é ‘Aposte na Vida’. A concentração é na Praça da Independência e o percurso será concluído no Busto de Tamandaré.

A programação de encerramento segue durante à tarde do sábado com o ‘show da vida’, que engloba apresentações musicais, de teatro, dança e testemunhos de jovens e famílias, que tiveram problemas com drogas. A última atividade do evento será uma fiscalização do Ministério Público aos estabelecimentos comerciais de venda de bebidas alcoólicas.

Programação desta quinta-feira – Antes do encerramento, no entanto, haverá programação nesta quinta-feira (14) com a realização do Curso de Atualização sobre Prevenção ao Consumo de Drogas na Escola, no Auditório 211 do Centro de Ciências Sociais e Aplicadas da UFPB, entre as 8h e 18h.

Durante à tarde, às 15h, a programação do dia segue com uma Sessão Especial na Câmara de vereadores sobre Políticas Públicas sobre Drogas. A palestra será de responsabilidade do Dr. Luiz Alberto Chaves de Oliveira (Dr. Laco), coordenador de Políticas sobre Drogas do Estado de São Paulo.

O evento – A 5ª Semana Municipal de Políticas Educativas sobre Álcool e outras Drogas teve como tema ‘Aposte na vida’ e foi iniciada na última segunda-feira (11). Durante toda esta semana foram realizados fóruns, oficinas, cursos e demais atividades educativas sobre o problema das drogas.

O objetivo da Semana foi dar visibilidade às ações preventivas, aos serviços que existem, em âmbito municipal e estadual, e refletir sobre as carências que ainda fazem parte do cotidiano da comunidade.