Semana Zumbi de Cultura é realizada no Centro Histórico

Por - em 20

Capoeira, coco de roda, ciranda, maculelê e maracatu são algumas opções da 1ª Semana Zumbi de Cultura, que acontece até esta sexta-feira (15), no Ateliê Multicultural Elionai Gomes, localizado na Ladeira da Borborema, nº 101, Centro Histórico da Capital. O evento, que objetiva o fomento e a divulgação da Cultura Popular de matriz africana, conta com apoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por intermédio da Fundação Cultural (Funjope).

Benedito dos Santos é coordenador do Grupo Zumbi de Cultura Popular. Para ele, a parceria entre a gestão municipal e os grupos envolvidos é estratégica para a realização do evento. “Um exemplo é que o Casarão 34 abriu espaço para a oficina de capoeira, que é um importante instrumento de socialização e educação através da arte, além de outros apoios por parte da Funjope”, lembrou. “A parceria é uma verdadeira demonstração de que o poder público tem esta preocupação em abrir espaços para a cultura popular”, acrescentou.

A programação teve inicio na segunda-feira (11). Além das apresentações folclóricas, o evento inclui ainda palestras, debates, mostras de vídeo e oficinas de cerâmica, capoeira, teatro e de penteados afros. A 1ª Semana Zumbi de Cultura tem enfoque específico na capoeira.

O encerramento da programação acontece nesta sexta-feira (15), a partir das 9h. À noite, a partir das 19h, acontece a apresentação dos resultados das oficinas e entrega dos certificados. Na ocasião, também haverá manifestações culturais, com batucadas dos grupos Badauê, Grupo Angola Comunidade, Berimbau Viola, Afro Nagô e Angola Palmares. Também serão oferecidas iguarias da culinária afro indígena, como doces, africaxé e uma pequena recepção a base de frutas.

1ª Semana Zumbi de Cultura – Trata-se de uma ação coletiva junto aos jovens, crianças e adultos do bairro do Varadouro e de comunidades circunvizinhas. A iniciativa é considerada de extrema importância como contribuição para políticas eficazes sócio-educativas nas escolas, envolvendo professores, alunos e funcionários.

O evento possibilita ainda a formação e integração dos estudantes e da comunidade envolvida, promovendo um intercâmbio entre a arte e a educação. A Semana Cultural possibilita a preservação do interesse pela Cultura Popular, através da introdução de ritmos, crenças, lendas e costumes da herança cultural africana. Mais informações pelos telefones 3218-9668 e 8822-4866.