Seminário sobre Zé Ramalho abre Ano Cultural 2010 nesta 5ª

Por - em 22

“Zé Ramalho: Música e Poesia em Sintonia com a Educação” é o tema do seminário que abrirá o Ano Cultural Zé Ramalho, desenvolvido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (Sedec). O seminário será realizado nessa quinta-feira (20), a partir das 8h30, no auditório do Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria.

A programação inclui a exibição de um documentário sobre Zé Ramalho e mesa redonda com o jornalista William Costa e o cineasta Elinaldo Rodrigues, que vão discutir a trajetória do cantor paraibano no cenário cultural brasileiro. Haverá ainda a exibição do filme ‘Zé Ramalho – O Herdeiro de Avôhai’, dirigido por Elinaldo Rodrigues.

O objetivo do seminário é oferecer aos professores das Escolas e Creis, subsídios para o desenvolvimento das seguintes ações: Prêmio Estudante Destaque – produção de poemas com tema: Trilhando o imaginário de Zé Ramalho; Festival de Música – produção musical inspirada na obra de Zé Ramalho; e Prêmio Projeto Interdisciplinar – Música Paraibana na Escola.

“Valorizar e estimular a produção intelectual de todos que fazem a Rede Municipal de Ensino é a principal meta do Projeto, que este ano tem como foco principal a Educação Musical, já que a área de atuação do homenageado é a música”, ressalta Giselma Franco, assessora pedagógica do Ano Cultural.

Confira a programação do seminário:

• 8h30 – Credenciamento
• 9h – Exibição de Documentário sobre Zé Ramalho
• 10h – Mesa Redonda: A trajetória de Zé Ramalho no Cenário Cultural Brasileiro – William Costa (Jornalista, repórter de Cultura do jornal O Norte) e Elinaldo Rodrigues (Jornalista e cineasta)
• 12h – Almoço – Restaurante do CAM
• 13h30 – Exibição do Filme: Zé Ramalho – O Herdeiro de Avôhai, de Elinaldo Rodrigues
• 15h40 – Mesa Redonda: A importância da música na formação cultural da criança e do adolescente – Caroline Brendel Pacheco (Professora Mestre do Curso de Licenciatura em Musica da UFPB) e Maura Penna (Professora Doutora do Curso de Licenciatura em Musica da UFPB)

Prêmio Estudante Destaque – Produção de Poemas com tema: Trilhando o Imaginário de Zé Ramalho – O Prêmio consiste na produção textual no gênero poesia, tomando como referência a obra de Zé Ramalho. O objetivo é estimular a leitura e a produção textual, além de conhecer a poesia contida na música do paraibano Zé Ramalho. Três estudantes serão premiados, sendo um do 4º ano, um do 8º ano do Ensino Fundamental e um do ciclo III da Educação de Jovens e Adultos – EJA, e três professores de cada escola da Rede Municipal de Ensino.

Festival de Música – Produção musical inspirada na obra de Zé Ramalho – Destinado aos estudantes do 4º e 8º ano do Ensino Fundamental e ciclo III da Educação de Jovens e Adultos – EJA, das Escolas da Rede Municipal de Ensino da cidade de João Pessoa. O Prêmio consiste na produção e desenvolvimento de um projeto interdisciplinar pelas Escolas e CREIs da Rede Municipal de Ensino, tendo como temática a Música Paraibana na Escola.

Prêmio Projeto Interdisciplinar – Música Paraibana na Escola – O objetivo é estimular e valorizar a produção de ações educativas interdisciplinares. Três projetos desenvolvidos pelas Escolas da Rede Municipal de Ensino serão premiados, sendo um do 1º Segmento do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano), um do 2º Segmento Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e um dos CREIs, de acordo com os critérios de julgamento estabelecidos por este regulamento.

Projeto Ano Cultural – Essa é quarta edição do projeto, que teve início no ano de 2007 homenageando personalidades paraibanas que se destacam no cenário cultural brasileiro. O primeiro instituído foi o Ano Cultural Ariano Suassuna; em 2008 o Ano Cultural José Lins do Rego e em 2009 o Ano Cultural Sérgio de Castro Pinto. Esse ano o projeto está sendo intitulado Ano Cultural Zé Ramalho, uma homenagem a um artista que amplia a visibilidade do estado da Paraíba com sua música, que rompe as fronteiras regionais e cumpre seu papel de expressão universal. Sua obra se fará presente no cotidiano das escolas da Rede Municipal de Ensino como subsídio para ações educacionais e culturais a serem desenvolvidas por estudantes de todos os níveis da educação municipal.

Zé Ramalho – Nascido em 3 de outubro de 1949, José Ramalho Neto é natural de Brejo da Cruz (PB). Sua vida artística começou como Zé Ramalho da Paraíba, cantando em conjuntos de baile inspirados na jovem guarda e no rock inglês. O interesse pelos violeiros e pela literatura de cordel só surgiria depois, ao participar da trilha sonora do filme ‘Nordeste: Cordel, Repente e Canção’, de Tânia Quaresma, em 1974. Por conta desse trabalho, Zé se mudou para o Rio de Janeiro (RJ), acompanhado por outros cantores nordestinos. Naquele mesmo ano, lançou seu primeiro disco, uma parceria com Lula Côrtes.

Em 1996, a sorte de Zé Ramalho começou a mudar. ‘Admirável Gado Novo’, um de seus primeiros sucessos, voltou a tocar sem parar nas rádios, graças à sua inclusão na trilha sonora da novela O Rei do Gado, da TV Globo. Seu nome voltou à mídia ao participar do disco ‘O Grande Encontro’, resultado de um show que fez em parceria com Elba Ramalho, Alceu Valença e Geraldo Azevedo. Com o álbum ‘Antologia Acústica’, de 1997, Zé comemorou 20 anos de carreira.