SEPPM homenageia mulheres que atuam em profissões de predominância masculina

Por Hellen Nascimento - em 254

A Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPPM) irá homenagear mulheres que exercem funções com forte predominância do sexo masculino. A iniciativa acontece com a palestra ‘Lugar de mulher é onde ela quiser’, realizada nesta terça-feira (19), às 8h, no Centro Cultural Ariano Suassuna do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB), no bairro de Jaguaribe. O evento contará com a participação dos alunos da Rede Municipal de Ensino e faz parte da programação especial em alusão ao Dia Internacional da Mulher.

“Embora se tenha avançado muito na luta pela igualdade de gênero, dados ainda mostram que há um longo caminho a ser percorrido para se alcançar a real paridade entre homens e mulheres. Assim, esta homenagem vai além do reconhecimento de mulheres que romperam com as normas sociais e adentraram espaços masculinos, mas visa também criar referências para que meninas saibam que lugar de mulher é onde ela quiser”, destacou a secretária da SEPPM, Adriana Urquiza.

Serão homenageadas profissionais das mais diversas áreas como caminhoneira, açougueira, porteira, taxista, engenheira civil, pintora, bombeira, eletricista, barbeira, engenheira eletricista, rapper, tatuadora, entre outras.

Na Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), serão homenageadas duas servidoras. A agente de limpeza Maria José da Silva, que trabalha na equipe de varrição do núcleo de limpeza do bairro do Roger, e Maria Carmoniza de Lima, que há mais de 20 anos se dedica a pintura dos prédios da autarquia.

Na oportunidade, essas profissionais irão comprovar que talento não tem gênero e vão compartilhar suas experiências pessoais e profissionais falando como superaram o preconceito, derrubaram barreiras e como é seu dia a dia de trabalho. Logo em seguida serão abertas perguntas para os alunos das escolas municipais Dom Helder, Damásio da Franca e Analice Caldas tirarem dúvidas e participarem desse processo de construção social. A atração cultural do evento ficará por conta da cantora Diana Miranda.