Servidores do Santa Isabel passam por avaliação postural e assistem palestras

Por - em 21

A má postura no ambiente de trabalho ocasiona o surgimento de diversas doenças ocupacionais e que afetam principalmente a coluna. É com o objetivo de oferecer melhores condições físico-funcionais para os trabalhadores e comemorar o Dia Nacional do Fisioterapeuta (13 de outubro) que o Hospital Geral Santa Isabel está realizando de 9 a 11 de outubro uma série de atividades educativas e práticas dentro da Semana do Fisioterapeuta.

As atividades começaram na última terça-feira (9) e continuaram nesta quarta-feira (10), com uma avaliação postural nos servidores do hospital. Nestes dois dias, cerca de 70 servidores participaram da avaliação, que servirá de base para a realização de um diagnóstico do quadro funcional.

Nesta quinta-feira (11), a partir das 9h, no auditório do HGSI, serão realizadas as palestras ‘Viva bem com a coluna que você tem’, proferida pela fisioterapeuta Ivana Pereira e ‘Prevenção de lesões por esforços repetitivos LER e DORT’ (Doenças Ocupacionais Relacionadas ao Trabalho), que será ministrada pela fisioterapeuta Denise Negócio.

A coordenadora do setor de fisioterapia do HGSI, Marta Lígia, disse que a avaliação permite detectar os problemas de coluna mais freqüentes e as posturas que podem levar o trabalhador a ter algum tipo de lesão por esforço repetitivo. “Desta forma, poderemos melhorar a qualidade de vida dos servidores do hospital e diminuir a incidência de doenças ocupacionais. Para a instituição, os cuidados com a ergonomia no ambiente de trabalho e a implantação das sessões de ginástica laboral são muito positivas, pois diminuem a incidência de afastamentos por doenças ocupacionais e até problemas trabalhistas”, explicou.

Marta Lígia lembrou que alguns setores do hospital estão sendo reformados, seguindo um projeto de ergonomia, a exemplo da informática. “Os profissionais ligados à área de informática realizam diariamente movimentos repetitivos e, para evitar problemas, é necessário materiais de expediente e cuidados com a postura para evitar doenças na coluna, tendinite ou até mesmo a LER”, explicou a fisioterapeuta.