Show ecumênico é atração do Estação Nordeste nesta quinta

Por - em 26

O Festival Estação Nordeste abre espaço nesta quinta-feira (28), a partir das 19h, no palco instalado entre as praias de Cabo Branco e Tambaú, para um encontro ecumênico com participação dos grupos ‘Canto e Luz’, ‘Ministério da Música Doce Mãe de Deus’, o cantor Alex Filho e a ‘Banda Catedral’. O evento, denominado ‘Fé na Estação’, é promovido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por intermédio da sua Fundação Cultural (Funjope).

Canto e Luz – A abertura da noite fica por conta da banda ‘Canto e Luz’, que surgiu no ano de 1995 durante o Encontro de Confraternização de Jovens na Paraíba (COJEP), objetivando, através da arte musical, difundir e popularizar a mensagem espiritualizada. Atualmente, a banda, já com 3 CD’s gravados, é composta pelos músicos Kleber Nascimento (bateria), Diogo Oliveira (baixo), Fagner Ferraz (guitarra e violão), Claude Ramalho (teclados e vocal) e Francisco Ferreira (vocal).

Ser de Deus – A banda ‘Ministério da Música Doce Mãe de Deus’ é a segunda atração da noite. A banda executará as composições do seu novo CD, intitulado ‘Ser de Deus’, a exemplo de ‘Tempo de Celebrar’, ‘Altos Vôos’, e ‘É Certo a tua Presença’. Atualmente, o grupo é formado pelos solistas Adriano Brasil, Renata Viviane e Leonardo Vanderlei, e ainda, pelos vocalistas Carlos Santana, Lorena Isabele, Maiara e Amanda Raíssa.

Alex Filho – A partir das 21h acontece o show do cantor Alex Filho, que é natural de Campina Grande e desde o início da sua carreira já exteriorizava sua tendência artística imitando cantores, pastores e personalidades políticas. No ano de 1995, gravou o seu primeiro CD, intitulado ‘Caminhos Novos’, com a participação do músico Mattos Nascimento.

No ano seguinte, o artista residiu durante um ano no Rio de Janeiro, onde foi buscar aperfeiçoamento para a carreira gospel, voltando no final do ano. Em 1997, gravou seu segundo CD, ‘Olhos de Deus’ e, em seguida, ‘Hinos Inesquecíveis’. Já no ano de 2001, foi contratado pela Line Record, considerada a maior gravadora gospel do país, onde trabalhou durante 5 anos e gravou o seu quarto CD, ‘Amigo de Fé”. Foi com este trabalho que o cantor recebeu o troféu talento, concedido ao Melhor Cantor Gospel do Brasil.

No ano de 2003, Alex Filho gravou o seu quinto CD, ‘Asas do Louvor’, pela mesma gravadora, tendo realizado turnê em todos os estados brasileiros e participado de um grande show na África do Sul, em um estádio de Moçambique, onde teve a oportunidade de cantar para mais de 50 mil pessoas. Este trabalho chegou ao número de vendas de 50 mil cópias. Atualmente, o artista mora em João Pessoa, onde realiza programa televisivo como apresentador.

Catedral – Para encerrar o grande encontro musical ecumênico, acontece a apresentação da ‘Banda Catedral’, que é considerada a melhor banda gospel rock da atualidade, se constituindo como um dos grupos que conseguiu romper as barreiras dos preconceitos, saindo para cantar além das paredes das igrejas.

Com uma proposta ousada e fora dos padrões usuais da música gospel, o grupo, com suas baladas românticas sem deixar o verdadeiro ‘rock in roll’ de lado, conseguiu atrair um público bastante popular e variado, preenchendo, desta forma, um espaço do pop/rock nacional.