Sine-JP divulga 300 vagas para indústria no Mato Grosso

Por - em 36

A indústria de alimentos Sadia voltou a convocar trabalhadores em João Pessoa para a unidade da empresa no município de Lucas do Rio Verde, em Mato Grosso. Desta vez, estão sendo oferecidas 300 vagas destinadas a suprir a demanda gerada por uma nova ampliação na indústria.

Os interessados devem procurar o Sine-JP (Sistema Nacional de Empregos de João Pessoa), localizado na rua Cardoso Vieira, 85, bairro do Varadouro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. É necessário levar carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho e o PIS. Os inscritos participarão de uma palestra com técnicos da empresa para serem informados sobre salários, condições de trabalho e benefícios.

A data da palestra de cada candidato será indicada no ato da inscrição. A primeira turma já foi formada por candidatos inscritos no banco de dados do Sine-JP. Depois dessa fase da seleção, o trabalhador participará de uma entrevista de emprego realizada pela própria Sadia e, por fim, será inscrito no sistema de dados do Sistema Nacional de Empregos.

Para participar da seleção, é necessário ter mais de 18 anos de idade. Não é exigida experiência anterior e todo o treinamento necessário para a execução do cargo será oferecido pela empresa, que também se responsabiliza pelo deslocamento dos novos funcionários de João Pessoa ao local de trabalho (ônibus, refeição e banho). A Sadia oferece aos funcionários, ainda, alguns benefícios optativos, como assistência médico e odontológica, vale transporte, vale refeição e moradia.

A cidade – Esta é a terceira vez que a Sadia vem a João Pessoa captar currículos para vagas na unidade de Lucas do Rio Verde, um município de 33,5 mil habitantes localizado a 350 quilômetros da Capital do Mato Grosso, Cuiabá. Em 2009, foram oferecidas 1 mil oportunidades de trabalho. E em maio, junho e julho deste ano, a empresa anunciou mais 500 vagas.

A unidade agroindustrial Lucas do Rio Verde possui um abatedouros de aves e de suínos e uma fábrica de produtos industrializados. A unidade é referência no mercado brasileiro em relação aos seus processos tecnológicos e à adoção de princípios de sustentabilidade, considerando compromisso com o meio ambiente e o envolvimento com a comunidade e públicos que estão sob a área de influência do empreendimento.