- Prefeitura Municipal de João Pessoa - http://www.joaopessoa.pb.gov.br -

SMS realiza capacitação sobre raiva para os profissionais do Centro de Zoonoses

[1]

D R T .R J .15855 Ivomar Gomes Pereira.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Gerência de Vigilância Ambiental e Zoonoses (GVAZ) realiza nesta sexta-feira (21), a partir das 13h, uma capacitação voltada aos profissionais médicos veterinários e auxiliares do Centro de Controle de Zoonoses sobre a raiva.

A capacitação será ministrada pelos médicos veterinários do Centro, Suelly Ruth e Felipe Sobral, e terá como objetivo atualizar os profissionais sobre os novos protocolos clínicos para diagnóstico e tratamento da doença, além de reforçar a prevenção como melhor forma de cuidado com a saúde do animal e do homem.

“O objetivo principal é manter nossos profissionais atentos à vigilância da raiva, uma doença zoonótica grave que acomete animais e humanos, focando na prevenção e na melhoria da prestação de serviços à população e nossos usuários com uma equipe atualizada e preparada para cuidar dos nossos animais”, comentou Nilton Guedes, Gerente de Vigilância Ambiental e Zoonoses da SMS.

Nilton Guedes reforça que João Pessoa não têm casos recentes de raiva animal, nem humana. “Atualmente temos uma boa cobertura vacinal e não temos casos da doença, mas isso não quer dizer que podemos relaxar com os cuidados e na prevenção”.

Para proteger o animal da doença e assim evitar a transmissão da raiva a outros animais e humanos, cães e gatos devem ser vacinados uma vez ao ano. A vacina antirrábica animal está disponível no posto fixo localizado no Centro de Zoonoses da Capital, no bairro dos Bancários, das 8h às 17h, sem intervalo para almoço.

Para tomar a vacina, o animal precisa ter pelo menos três meses de vida e o proprietário deve levar o cartão de imunização. Mas aqueles que não tiverem o cartão também receberão o comprovante de vacinação. Caso seja a primeira vez em o que o animal será vacinado, o proprietário deve ficar em alerta para a segunda dose, que deve ser realizada após 30 dias.

Doença – A raiva animal é uma doença causada por um vírus que ataca diversos animais, mas também o homem, levando quase 100% das pessoas que adquirem a doença ao óbito. Por isso, proteger-se contra a doença é fundamental e a forma correta para essa proteção é vacinando gatos e cachorros. O cão, o gato e o morcego são os principais transmissores da raiva em áreas urbanas.

O animal raivoso apresenta mudança de comportamento, para de comer, esconde-se em locais mais escuros, tenta beber água sem conseguir engolir, procura fugir de onde está preso e morde tudo o que vê pela frente (objetos, animais e pessoas).

Quando uma pessoa é agredida por um animal, a exemplo do cão, gato, morcego ou sagüi a recomendação é não matar o animal e pedir orientação ao Centro de Vigilância Ambiental e Zoonoses (Cvaz) de João Pessoa, através dos telefones: (83) 3218-9357 ou 3214-3459.

 

 

 

 

 

[2]