SMS realizará consultas de triagem para prevenção ao câncer de pele

Por Thibério Rodrigues - em 258

Mais de 40 unidades de saúde da família (USF) de João Pessoa realizarão consultas médicas de triagem para encaminhamento ao mutirão ‘Salve Sua Pele Paraíba’, que será realizado no Hospital Napoleão Laureano, referência no tratamento oncológico no Estado. As consultas acontecerão nesta sexta-feira (9) e no próximo dia 23 de novembro, no período das 7h às 11h e das 12h às16h.

De acordo com a secretária adjunta de Saúde, Ana Giovana Medeiros, os interessados devem se dirigir a qualquer uma das unidades de saúde que estarão realizando a triagem. “O usuário vai passar por uma consulta com o clínico geral que, identificando alguma lesão na pele, vai encaminhar ao mutirão para consulta com um dermatologista, o qual vai avaliar a necessidade de cirurgia”, explicou.

Os médicos clínicos gerais que realizarão as consultas de triagem passaram, recentemente, por qualificação para identificar e prevenir o câncer de pele. O curso contou com a participação de aproximadamente 80 médicos da Atenção Básica da rede municipal de saúde.

Para a dermatologista Kamila Magno, idealizadora do mutirão ‘Salve Sua Pele Paraíba’, as consultas de triagem com o médico de saúde da família deverão ajudar na prevenção e na detecção da doença. “A identificação precoce é muito importante para o tratamento do paciente com câncer de pele porque, às vezes, ele passa por vários médicos e nenhum consegue detectar”, disse.

Segundo a dermatologista, a principal causa da doença é a falta de cuidados com a pele. “São fatores de risco a exposição à radiação solar sem uso de protetor solar adequado, lesões escuras na pele, lesões que sangram com facilidade e não cicatrizam, entre outros”, afirmou.

Confira os locais de atendimento da triagem: https://midi.as/Vww2

Salve Sua Pele Paraíba – O mutirão faz parte da campanha Dezembro Laranja, em prevenção ao câncer de pele, e acontecerá no dia 15 de dezembro. Além da SMS e o Hospital Napoleão Laureano, a ação conta com o apoio da Faculdade de Medicina Nova Esperança (Famene). Ao todo, deverão ser encaminhados 400 usuários para as consultas especializadas com os dermatologistas.