SMS vai distribuir cerca de 700 mil preservativos durante o Folia de Rua

Por Rebeka Paiva - em 443

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da área técnica de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), AIDS e Hepatites Virais, estará realizando durante as festividades do Folia de Rua 2018 uma campanha de conscientização para a importância do uso da camisinha e da prevenção de ISTs e outros agravos.

Durante a campanha, que este ano tem como tema ‘Deixe a Camisinha Fazer parte de Sua Vida’, devem ser distribuídos cerca de 700.000 preservativos masculinos e femininos e géis lubrificantes. Além da distribuição dos preservativos, as equipes da SMS também estarão conversando com os foliões, dando orientações sobre o serviço e formas de prevenção.

“É preciso alertar a população sobre o aumento de casos de AIDS no Brasil e particularmente em João Pessoa, onde também estamos tendo uma epidemia de sífilis e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis, o que só reforça a importância e necessidade da prevenção e uso da camisinha nas relações sexuais. O cuidado com essas doenças precisa ser durante todo o ano, não apenas em momentos festivos”, explica Clarice Pires, coordenadora da seção de IST, AIDS e Hepatites Virais.

Além da ação nos blocos, os profissionais das Unidades de Saúde da Família (USFs) estarão fortalecendo a importância da prevenção às IST’s e o uso correto do preservativo. Esse trabalho será feito na sala de espera das USFs e durante as consultas.

Testes – Para quem desejar fazer os testes para diagnóstico da AIDS e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis, a SMS disponibiliza o serviço em todas as Unidades de Saúde da Família Integradas, Centros de Atenção Integral a Saúde (CAIS), serviços de referencias e nas maternidades da capital. Para ter acesso, basta que o usuário vá até um dos locais e informe que gostaria de fazer o exame. O teste é realizado através da punção da polpa digital e o resultado sai em, aproximadamente, 20 minutos.

Um dos locais para realizar os testes rápidos é o Centro de Testagem e Aconselhamento (SAE/CTA). Caso o teste rápido dê positivo, o usuário recebe o tratamento no próprio SAE/CTA. Já as gestantes portadoras do HIV/Aids são acompanhadas no serviço de Assistência Especializada Familiar do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW).

Para ter acesso aos serviços do CTA, o usuário pode ser encaminhado pelas Unidades de Saúde da Família (USF) ou por demanda espontânea, indo diretamente ao local. O CTA funciona das 7h às 16h, de segunda à sexta-feira, no prédio do Centro de Atenção Integral à Saúde (Cais), em Jaguaribe.