Socorristas do Samu iniciam parte prática de capacitação

Por - em 224

Dando continuidade à capacitação para pilotagem em motocicleta, direcionada aos profissionais que atuam nas “motolâncias” do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foi realizada na manhã desta terça-feira (26), no Parque de Exposições Henrique Vieira de Melo, a parte prática do curso. Nesta etapa, são repassados princípios básicos de mecânica, direção defensiva e aperfeiçoamento da prática de direção.

O curso está sendo ministrado por três instrutores da Polícia Rodoviária Federal, cada um deles com mais de 15 anos de experiência na corporação. Para o Instrutor Sérgio, a capacitação é importante, pois uniformiza os procedimentos de direção dos condutores, otimizando o atendimento e diminuindo o tempo de socorro das vítimas. “Para salvar vidas, é preciso antes de tudo estar vivo, e uma direção perigosa põe em risco não só o acidentado, mas também o atendimento que ele poderia receber”, afirmou.

Padronização – Essa capacitação é parte de um convênio firmado entre a Polícia Rodoviária Federal e o Ministério da Saúde, que pretende padronizar os procedimentos que serão aplicados na formação de Motociclistas Socorristas do SAMU no uso da “motolância”. Em João Pessoa são sete ‘motolâncias’ que já funcionam em eventos, mas que a partir de agora irão atuar em definitivo no atendimento às vítimas de urgência e emergência.

Na Paraíba, o curso terá duração de 60 horas/aula, sendo 10 horas de parte teórica e 50 horas de aulas práticas, e será dividido em duas etapas, sendo a primeira delas destinada aos profissionais do SAMU de João Pessoa (nove pessoas) e Campina Grande (seis pessoas). O encerramento da capacitação com as primeiras turmas acontece no próximo sábado (30) e já na segunda-feira (1º) começa a segunda fase com os profissionais das cidades de Patos, Sousa e Piancó.