Som do cavaquinho anima Sabadinho Bom na Praça Rio Branco

Por - em 49

O músico pernambucano João Paulo Albertim é a atração deste sábado (7) no projeto Sabadinho Bom, o primeiro de 2012, realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Fundação Cultural (Funjope). O evento começa a partir das 12h30, na Praça Rio Branco, no Centro da Capital.

No repertório, o cavaquinista apresenta músicas autorais do seu CD “João Paulo Albertim – Toca Pernambuco” e faz um resgate das composições de artistas de renome nacional e internacional, a exemplo de Waldir Azevedo, Jacaré do Cavaquinho, Luciana Rabello, Henrique Cazes e Jonas Silva.

Segundo João Paulo, o espetáculo tem a finalidade de divulgar a música instrumental brasileira, em especial a pernambucana, e conta ainda com a participação de João Victor (pandeiro), Ruben França (violão de oito cordas) e Aristide Rosa (cavaquinho base), completando a formação musical. “A ideia é demonstrar as possibilidades de combinações timbrísticas e estimular a inserção e fusão de gêneros e ritmos musicais não muito conhecidos do grande público”, disse.

Albertim tem 26 anos, mas já agrega bastante experiência. É cavaquinista, bandolista, compositor, arranjador, produtor musical e vem se destacando pelos trabalhos realizados. Estudou no Conservatório Pernambucano de Música, participou de festivais nacionais e internacionais, integrou o grupo musical Sexteto Capibaribe e hoje faz parte da Orquestra Retratos do Nordeste, Conjunto Pernambucano de Choro, grupo Triofando e Orquestra Coral Edgar Moraes, além de acompanhar os cantores Herbert Lucena e Getulio Cavalcanti.

O seu primeiro disco solo, “João Paulo Albertim – Toca Pernambuco”, acabou de ficar pronto e deve ser lançado em meados de março, com músicas de sua própria autoria e de artistas da terra do frevo e maracatu.