STTrans adquire e implanta novo sistema de radiocomunicação

Por - em 28

Os agentes de trânsito e fiscais de transporte da Superintendência de Transportes e Trânsito de João Pessoa (STTrans) estão utilizando um novo sistema de rádio de alta tecnologia. Desta forma, o serviço de monitoramento torna-se mais eficaz e há uma facilitação na comunicação com demais órgãos. Os equipamentos do novo Sistema de Radiocomunicação são os mesmos utilizados pela Segurança Pública do Estado, na Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

A diretoria Administrativa e Financeira (Diafi) da STTrans informa que foram adquiridos 125 novos aparelhos de rádio (HTs) e 13 estações fixas, que irão funcionar com o novo sistema de radiocomunicação, o ‘Trunking Motorola’. Os novos equipamentos possuem frequência de rádio utilizada pelo órgão para permitir a comunicação entre as diretorias de Trânsito e Transporte e no atendimento de solicitações da população.

Novidade – O novo sistema se apoia em um número limitado de canais de comunicação entre um grande número de usuários. Ele oferece benefícios como a privacidade de comunicação; alta tecnologia; identificador ID e a integração de sistemas AVL (localização de veículos). Ele trabalha com uma frequência destinada exclusivamente à Segurança Pública, possuindo melhor cobertura em áreas urbanas. Segundo o chefe da Diad, Rodrigo Felinto, cada agente de Trânsito motociclista, supervisor de Trânsito, coordenador, chefes de Divisões Operacionais e o diretor de Trânsito, bem como, o de Transporte, terão seu próprio HT, permanecendo responsável por ele as 24 horas do dia.

Os agentes fixos, por sua vez, permanecerão com o aparelho enquanto estiverem na escala de serviço do dia. Rodrigo Felinto informa que cada viatura da STTrans também terá uma estação fixa, assim como as Centrais de Atendimento. O novo formato de uso dos HTs, atende a uma solicitação do chefe da divisão de Operações da Superintendência (Dicop), Klebson França, permitindo que seus usuários tenham mais zelo e responsabilidade por seus equipamentos de trabalho.

Outra novidade na implantação desse novo sistema de radiocomunicação será a transferência da Central de Atendimento do Terminal de Integração do Varadouro (Cabine-TIV) para a sede do órgão, enquanto que, a sala da Central de Atendimento (Cerin), será implantada numa nova sala, continuando com os trabalhos convencionais de atendimento ao público e intercomunicação com os agentes e fiscais, em campo.