STTrans apresentará sistema de integração temporal em CG

Por - em 27

O sistema de integração temporal implantado em João Pessoa deverá servir de modelo para Campina Grande. Representantes da Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans) irão até o município nesta quinta-feira (29) para apresentar, a partir das 10 horas, a técnicos da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) a experiência da Capital paraibana com esse sistema que envolve ônibus urbanos, gera economia aos usuários e reduz o tempo de deslocamento.
Participarão da apresentação do sistema, a superintendente da STTrans, Laura Farias; o diretor de Transportes, Adalberto Araújo; o diretor de Trânsito, Omar Ramalho; o diretor Administrativo, Antônio Davino; e a assessora de Planejamento, Raimunda Lucena.
A superintendente falou da importância dessa troca de experiência com outros municípios e informou que a STTrans está sempre disposta a compartilhar os seus projetos com outras gestões. “É muito importante essa troca de informações e essa possibilidade de oferecer suporte técnico. Fazemos parte de uma gestão democrática e entendemos que as experiências exitosas devem ser compartilhadas, como forma de colaborar com a melhoria da qualidade de vida da população”, comentou.
Segundo o diretor de Transportes, Adalberto Araújo, a integração temporal garantiu maior mobilidade no deslocamento e economia de tempo aos usuários. Ele destacou que a integração temporal contribui com a melhoria da qualidade de vida da população, pois, além de representar uma economia financeira, o usuário acaba tendo mais tempo para ficar em casa junto da família, uma vez, que pode sair mais tarde e chegar mais cedo em sua residência após o trabalho.
Outro aspecto vantajoso desse sistema é não ter a necessidade de construir terminais de integração (obras físicas). Adalberto Araújo lembrou ainda que em Campina Grande já existe um terminal de integração e que agora a Prefeitura local pretende implantar o sistema temporal. Ele observou que o sistema adotado na Capital poderá ser adaptado para o município de Campina Grande e acrescentou que a STTrans dará o suporte técnico necessário para que isso ocorra.
Funcionamento – Com o sistema, o passageiro pode trocar de ônibus em qualquer ponto de parada onde as linhas integradas se cruzam, sem precisar ir ao Terminal, que fica localizada no Varadouro. Nele, o usuário de transporte coletivo tem o tempo normal da sua viagem, do ponto em que embarcou no ônibus ao Terminal de Integração ou terminal de bairro, mais 30 minutos. Ou seja, após desembarcar do ônibus, o passageiro terá, pelo menos, 30 minutos para trocar de linha sem pagar outra passagem.
Podem usufruir do sistema aqueles usuários que utilizam vale-transporte, estudantes que tenham o ‘Passe Legal’ e aqueles que possuam o cartão-cidadão, adquirido nos postos de venda da Associação das Empresas de Transporte Coletivo de João Pessoa (AETC-JP). Os passageiros que usam dinheiro terão que continuar acessando o Terminal de Integração do Varadouro para pagar uma só tarifa. Quem paga a passagem com dinheiro não pode aproveitar a integração temporal.