STTrans avalia 58,92% da frota de transportes escolares da Capital

Por - em 82

A Superintendência de Transportes e Trânsito de João Pessoa (STTrans) divulgou nesta terça-feira (31) o balanço final de vistoria dos transportes escolares da Capital, válida para este primeiro semestre. De acordo com Leonardo Campos, gerente da Divisão de transportes especiais do órgão (Dites), durante o primeiro período de inspeção desses veículos que fazem o transporte de alunos (do dia 2 ao dia 27 de janeiro), foram avaliados 241 carros, representando 58,92% da frota cadastrada, que é de 409 veículos.

Foram aprovados 226 veículos por atenderem aos requisitos exigidos no regulamento para este tipo de transporte. Quinze veículos foram reprovados e deverão regularizar os itens não aprovados para conseguir o selo (azul-marinho) que atesta ter sido o veículo vistoriado e aprovado pela STTrans. As irregularidades mais frequentes para a não aprovação na vistoria foram nos itens: pneus, pára-brisas, extintores, faroletes, sinaleiras, buzina, freio de estacionamento e faixas de sinalização.

A vistoria ainda poderá ser feita, mas os permissionários retardatários terão que pagar R$ 17,54 de multa por atraso no período regulamentar da vistoria, que é de acordo com o calendário da STTrans a partir da matrícula do permissionário.

Leonardo Campos informou que geralmente 80% dos veículos cadastrados são trazidos à STTrans no prazo regular para a vistoria. Este ano, atipicamente, foram trazidos para a vistoria menos de 60% da frota, o que deve deixar os pais contratantes do serviço alertas, pois estes veículos transportam os seus filhos. A não passagem ou a reprovação na inspeção representa risco à segurança das pessoas que circulam nestes carros, pois é um forte indício de alguma irregularidade.

A partir de agora as equipes de fiscalização farão “blitz” próximo às escolas para coibir a utilização de veículos irregulares fazendo transporte de escolares. O permissionário flagrado fazendo transporte escolar com veículo sem o selo de vistoria atualizado será notificado pela fiscalização e vai pagar multa de R$ 58,48 – havendo reincidência o carro será apreendido e a multa será de R$ 85,13.

O chefe de fiscalização da STTrans, Paulo Silveira, recomenda aos pais que fiquem atentos ao selo de vistoria (azul-marinho) e exijam do permissionário que transporta o seu filho para que o veículo esteja devidamente regularizado e com a inspeção semestral em dia.